Geral

Após cinco anos Massa acaba com sequência da Mercedes e é pole na F1

A Mercedes teve sua sequência quebrada também nos grids de largada em 2014 e não foi pela Red Bull. A surpresa ainda é maior porque foi Felipe Massa o autor da façanha. O brasileiro tirou o companheiro (!!!) Valtteri Bottas da primeira posição no fim do Q3 para largar pela primeira vez na frente após […]

Arquivo Publicado em 21/06/2014, às 14h03

None

A Mercedes teve sua sequência quebrada também nos grids de largada em 2014 e não foi pela Red Bull. A surpresa ainda é maior porque foi Felipe Massa o autor da façanha. O brasileiro tirou o companheiro (!!!) Valtteri Bottas da primeira posição no fim do Q3 para largar pela primeira vez na frente após mais de cinco anos

Sim, meus amigos, chegou o dia: Felipe Massa é pole-position na F1 após um longo e tenebroso período. Foram mais de cinco anos e sete meses de hiato, desde aquele GP do Brasil histórico que lhe deu o título por alguns segundos. O sábado (21) na Áustria — que é conhecida pelos brasileiros pelo famoso ‘hoje, não; hoje, sim” com Rubens Barrichello e Michael Schumacher — não só marcou o primeiro lugar no grid do brasileiro, mas uma situação nova na temporada 2014: a Williams à frente da Mercedes.

Porque Valtteri Bottas conseguiu o segundo lugar, desbancando a equipe que até então vinha dominando todas as ações do Mundial 2014.

Massa acaba, assim, com um jejum de 93 corridas sem poles. É também a primeira pole brasileira na F1 desde o GP do Brasil de 2009, quando Barrichello partiu na posição de honra com o carro da Brawn.

A terceira posição ficou com o líder do campeonato, Nico Rosberg. E em quarto… não coube a Lewis Hamilton, mas, sim, a Fernando Alonso. O inglês teve sua primeira volta no Q3 retirada porque, na mais nova patacoada da direção de prova, abusou da área de escape da curva 8 do circuito austríaco. Quando foi para sua segunda e derradeira tentativa, rodou.

Jornal Midiamax