Geral

Após 20 minutos de conversa, catadores se comprometem a sair após reunião com secretário

Os catadores de recicláveis decidiram que só sairão do local após uma reunião realizada com secretário municipal Semy Alves Ferraz da Seintrha (Secretaria de Infra-Estrutura, Transporte e Habitação). A ideia surgiu após uma reunião de vinte minutos realizada entre o presidente da categoria, Rodrigo Leão, os militares do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) e […]

Arquivo Publicado em 03/06/2014, às 15h07

None

Os catadores de recicláveis decidiram que só sairão do local após uma reunião realizada com secretário municipal Semy Alves Ferraz da Seintrha (Secretaria de Infra-Estrutura, Transporte e Habitação). A ideia surgiu após uma reunião de vinte minutos realizada entre o presidente da categoria, Rodrigo Leão, os militares do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) e os representantes da Solurb e do lixão, na manhã desta terça-feira (3).


O grupo está na frente do portão de acesso ao lixão no Bairro Dom Antônio Barbosa, região sudoeste de Campo Grande, e querem uma definição a respeito da área de transição que deve ser construída para que eles trabalhem, pois uma liminar fez que com a entrada deles no lixão fosse impedida.


“Eles estão vendo se o secretário pode nos atender às 14 horas e só depois saímos”, fala Rodrigo. A proposta feita pelas equipes responsáveis pelo lixão era para que os catadores saíssem do local agora, deixando os caminhões descarregarem e depois eles marcariam uma data para a reunião, o que não foi aceito.

Jornal Midiamax