Geral

Triunfo vence leilão das BR-060/153/262 com oferta de deságio de 52%

A Triunfo Participações venceu o leilão das BR-060/153/262 promovido nesta quarta-feira, com oferta de deságio de 52 por cento sobre a tarifa máxima permitida na disputa promovida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O leilão, realizado na sede da BM&FBovespa, tinha como tarifa teto o valor de 0,05940 real e a Triunfo ofertou 0,02851 […]

Arquivo Publicado em 04/12/2013, às 12h38

None

A Triunfo Participações venceu o leilão das BR-060/153/262 promovido nesta quarta-feira, com oferta de deságio de 52 por cento sobre a tarifa máxima permitida na disputa promovida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).


O leilão, realizado na sede da BM&FBovespa, tinha como tarifa teto o valor de 0,05940 real e a Triunfo ofertou 0,02851 real. O trecho licitado possui 1.176,50 quilômetros e 11 praças de pedágio, passando por Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais.


O segundo maior deságio oferecido no leilão foi da Invepar, de 42,13 por cento, seguido pelos ofertados por consórcio da Ecorodovias (41,19 por cento), Queiroz Galvão (37,99 por cento) e CCR (21,41 por cento).


A concessão consiste na exploração por 30 anos da infraestrutura e da prestação de serviços de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade do trecho. Os investimentos são 7,15 bilhões de reais, de acordo com o edital divulgado pela ANTT.


A vitória da Triunfo no leilão desta quarta-feira ocorreu depois que a companhia perdeu para a Odebrecht Transport a concessão da BR-163 (MT) na semana passada.


Na ocasião, o presidente da empresa, Carlo Bottarelli, havia afirmado que a companhia seria agressiva no leilão da BR-060/153/262.


A Triunfo –que administra aeroportos, portos e rodovias, além de ter ativos de energia– possui atualmente três concessões de estradas no Sul e Sudeste com vencimento já entre 2017 e 2021, segundo dados da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR).

Jornal Midiamax