Geral

Técnico teme problemas para o Cruzeiro em caso de derrota em Santos

O Cruzeiro está próximo de conquistar o título do Brasileirão, situação que poderá se concretizar diante do Grêmio, no outro final de semana. O técnico Marcelo Oliveira, porém, pede atenção com o Santos e reconhece que uma derrota neste domingo, às 17h, na Vila Belmiro, poderá trazer dúvidas e pressão para cima do time celeste […]

Arquivo Publicado em 02/11/2013, às 14h13

None

O Cruzeiro está próximo de conquistar o título do Brasileirão, situação que poderá se concretizar diante do Grêmio, no outro final de semana. O técnico Marcelo Oliveira, porém, pede atenção com o Santos e reconhece que uma derrota neste domingo, às 17h, na Vila Belmiro, poderá trazer dúvidas e pressão para cima do time celeste nas rodadas finais da competição.


O treinador celeste destaca a campanha sólida do time mineiro, mas reconhece que um tropeço poderá causar pressão em cima dos atletas. “É ótimo, aumenta a responsabilidade também, a cobrança é maior e qualquer tropeço pensa-se que o trabalho já não é o mesmo”, disse.


“Mas nós que estamos no dia a dia temos a consciência, não é o Cruzeiro que teve sorte, perdeu e os outros perderam. É porque o campeonato é difícil mesmo, acontecem resultados surpreendentes e temos que estar concentrados para fazer a nossa parte”, acrescentou o treinador.


Marcelo Oliveira reconhece que vê na equipe ansiedade pela proximidade ainda maior do título nacional. Se vencer o Santos e o Grêmio, no próximo final de semana, e contar com um tropeço de Grêmio e Botafogo em uma das duas rodadas, o time celeste comemorará o tricampeonato diante do seu torcedor.


“Ansiedade de todos, porque está perto, mas está longe também na medida que os jogos vão passando, mas a condição é muito boa, o trabalho também, a rotina de trabalho é a mesma. Para conter a ansiedade acho que é trabalhar bem, porque aí minimiza essa ansiedade”, observou Marcelo Oliveira.


Diante do Santos, o treinador celeste prevê um adversário pressionado e em busca da vitória. “Como equipe grande, uma grande instituição tem sempre que estar jogando para vencer, pressionado pela torcida para vencer. Oito pontos como ainda tem 21 para serem disputados, eles ainda têm uma chance de chegar ao G-4”, afirmou Marcelo Oliveira.

Jornal Midiamax