Geral

Sete dá vexame e toma três do Cene no Estadual

O Sete de Dourados decepcionou mais uma vez a sua torcida e sofreu derrota para o Cene na noite de sábado (30) no estádio Douradão, com público de mais de 2 mil pessoas. Com gols do artilheiro Careca (2) e Keverson, os visitantes fizeram 3 a 0 e praticamente selaram a passagem para as semifinais […]

Arquivo Publicado em 31/03/2013, às 12h14

None

O Sete de Dourados decepcionou mais uma vez a sua torcida e sofreu derrota para o Cene na noite de sábado (30) no estádio Douradão, com público de mais de 2 mil pessoas. Com gols do artilheiro Careca (2) e Keverson, os visitantes fizeram 3 a 0 e praticamente selaram a passagem para as semifinais do Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol.

Já os douradenses terão uma semana de trabalho antes da partida de volta, agendada para o Morenão no próximo domingo, às 15h. Para ficar com a vaga, os comandados por Mirandinha precisam vencer o adversário por uma diferença de quatro gols.

“Precisamos de motivação, somos profissional e isso já basta para nos colocar em patamar de continuar a briga”, acrescentou o técnico do Sete no final da partida, como forma de motivar seus atletas para o duelo da capital.

O jogo

Buscando reverter a vantagem do Cene, o Sete de Dourados foi a campo com três alterações em relação ao último jogo, contra o Corumbaense. Os recém contratados Luiz Antônio no lugar do goleiro Éder e o lateral esquerdo Itamar substituindo Baroni. O atacante Ariel, que começou a competição como titular e acabou perdendo a posição, entrou na vaga de Edu Sales.

Porém, as modificações fragilizaram o sistema defensivo do time douradense que logo a um minuto já estava atrás no marcador. Após sequência de escanteios, Uelison cruzou na segunda trave e o artilheiro do campeonato Careca apareceu sozinho para abrir o placar.

O revés deixou o time local perdido em campo e cinco minutos depois o Cene quase marca o segundo, com Buiú.

A equipe do Sete conseguiu chegar apenas aos 20, com o lateral direito Magnum que chutou pelo lado de Guilherme. O lance deu moral ao time, que obteve duas oportunidades de empatar, com Juninho e Ariel, sozinho na cara do gol, mas acabou desperdiçando.

Na segunda etapa, o técnico Mirandinha decidiu modificar o time em busca de reação e de conquistar ao menos o empate, que deixaria a disputa pela vaga para a capital. Luiz Miguel entrou no lugar de Bruno Oliveira, dando maior ofensividade.

Com força no ataque, o Sete mostrava falha na defesa e aos oito, Uelison quase marca o segundo. Após driblar Luiz Antônio, Andresson salvou em cima da linha. Aos 11, Juninho quase empata de falta.

Mas aos 26, num contra ataque rápido, a estrela do matador falou mais alto e Careca voltou a balançar as redes. Ele recebeu passe pela esquerda e sem marcação, tocou na saída do goleiro douradense anotando seu 15º gol na competição.

A partir daí Mirandinha expos o time com Ferreirinha e Bruno Donizete, mas não conseguia acertar a meta defendida por Guilherme. Aos 44 a pá de cal, Keverson recebeu na ponta esquerda e sem marcação chutou forte no canto para definir o jogo.

Jornal Midiamax