Geral

Reunião com ministro Alexandre Padilha e membros da CPI da Saúde é adiada

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, precisou cancelar a reunião de amanhã (2) com os deputados que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, devido a compromissos de última hora. Alexandre Padilha encontrará com os parlamentares o mais breve possível. Os parlamentares vão buscar o apoio do […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 21h28

None

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, precisou cancelar a reunião de amanhã (2) com os deputados que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, devido a compromissos de última hora.


Alexandre Padilha encontrará com os parlamentares o mais breve possível. Os parlamentares vão buscar o apoio do Governo Federal nas investigações da CPI da Saúde em MS, que apura possíveis irregularidades nos repasses do SUS (Sistema Único de Saúde) para 11 municípios do Estado.


O encontro com o ministro foi intermediado pelo senador Delcídio do Amaral (PT), a pedido do deputado estadual Amarildo Cruz, presidente da CPI da Saúde em Mato Grosso do Sul. “A cooperação do Ministério da Saúde é imprescindível, pois é o órgão que detém as informações sobre os repasses do SUS no Estado”, falou.


Os parlamentares querem saber como estão sendo feitos os repasses dos recursos do SUS para unidades hospitalares de Campo Grande, Corumbá, Paranaíba, Dourados, Três Lagoas, Jardim, Coxim, Aquidauana, Nova Andradina, Ponta Porã e Naviraí.


A investigação apura os repasses e convênios feitos nesses 11 municípios nos últimos cinco anos. A CPI tem 120 dias para apurar as possíveis irregularidades, podendo ser prorrogada por mais dois meses.

Jornal Midiamax