Geral

Prefeito eleito e cassado trocam farpas e disputa pelo poder deixa Bela Vista sem comando

A eleição para escolha do novo prefeito de Bela Vista aconteceu, pela segunda vez, no dia 7 de julho. Porém, o eleito, Dr. Renato (PSB), ainda não conseguiu tomar posse. Na manhã desta segunda-feira (22), várias pessoas, incluindo o prefeito, foram à Câmara para tomar posse. Porém, o presidente, Flávio Cabral, e outros sete vereadores […]

Arquivo Publicado em 22/07/2013, às 13h51

None
303887901.jpg

A eleição para escolha do novo prefeito de Bela Vista aconteceu, pela segunda vez, no dia 7 de julho. Porém, o eleito, Dr. Renato (PSB), ainda não conseguiu tomar posse. Na manhã desta segunda-feira (22), várias pessoas, incluindo o prefeito, foram à Câmara para tomar posse. Porém, o presidente, Flávio Cabral, e outros sete vereadores não compareceram.

“Estou sentado aqui feito um palhaço com apenas três vereadores e o resto na casa do Abraão (prefeito cassado, Abraão Zacarias). A cidade está pedindo socorro. Não tem secretários e não querem dar posse para o novo prefeito. deve ter alguma coisa muito esquisita na prefeitura. Infelizmente, a situação está vergonhosa. Não querem respeitar a vontade popular”, denunciou.

Dr. Renato afirma que seis vereadores, dos 11 eleitos, assinaram um documento anulando a posse marcada para quinta-feira (25) e convocando para esta segunda-feira. Porém, a maioria não apareceu hoje na Câmara. “Não tem secretário nenhum. Todo mundo foi demitido e a cidade está parada. Vamos tomar as medidas judiciais cabíveis”, relatou.

Os vereadores ligados ao ex-prefeito Abraão Zacarias negam irregularidades e afirmam que estão seguindo o documento assinado na sexta-feira (19). “Nós assinamos um documento comunicando a posse quinta-feira, que é o que rege o regimento, que são cinco dias. Criaram outro documento para segunda-feira. Queremos cumprir o primeiro documento para posse de quinta-feira. Tem vereador que era secretário e está voltando para ser vereador. Tem vereador que não ficará mais na Casa porque os titulares já voltaram. Por isso, entendemos que é melhor na quinta-feira, quando tudo já estará regularizado. Não é nada contra o prefeito, mas para seguir o regimento”, declarou a vereadora Fabrízia (PRB).

O ex-prefeito de Bela Vista nega que esteja influenciando vereadores a boicotarem o adversário e diz que a residência dele é freqüentada por vários amigos, incluindo a vereadora Fabrízia, que está lá neste momento. “Está sedento demais, não sei por que cargas d’água. Eles criaram a posse. Nunca foi nada e quer ser prefeito de qualquer jeito”, provocou Abraão. Dos 11 vereadores de Bela Vista, nove foram eleitos na coligação dele.

Bela Vista vive uma indefinição desde que Dr. Renato foi eleito e, depois, condenado por suspeita de irregularidades na campanha de 2012 ainda. A Justiça Eleitoral chegou a convocar o segundo colocado, Marco Palmieri (DEM), para a diplomação, mas Dr. Renato conseguiu recurso para ser diplomado.

Jornal Midiamax