Geral

PMA prende tratorista por pesca ilegal no rio Pardo

A Polícia Militar Ambiental prendeu um homem, neste domingo (03), durante fiscalização no rio Pardo, no município de Ribas do Rio Pardo, distante 97 quilômetros de Campo Grande, pela prática de pesca predatória. A ação faz parte dos trabalhos da operação Pré-piracema. De uso proibido, três redes de pesca e 6 quilos de pescado, alguns […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 17h34

None
A Polícia Militar Ambiental prendeu um homem, neste domingo (03), durante fiscalização no rio Pardo, no município de Ribas do Rio Pardo, distante 97 quilômetros de Campo Grande, pela prática de pesca predatória. A ação faz parte dos trabalhos da operação Pré-piracema.
De uso proibido, três redes de pesca e 6 quilos de pescado, alguns fora das medidas permitidas, foram encontrados no local. Uma motocicleta também foi apreendida pela polícia. O pescador trata-se de um tratorista, residente em uma fazenda do município.
O homem foi multados em R$ 820 e foi conduzido à delegacia de polícia civil, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e foi liberado após pagamento de fiança. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.
Conforme a PMA, a prisão foi feita logo no início da pesca, evitando que um cardume de dourado fosse dizimado com o uso do petrecho de pesca apreendido.
Jornal Midiamax