Geral

PMA prende dois pescadores em Jardim e aplica multa de R$ 11,2 mil

Ao realizar patrulhamento no centro da cidade de Jardim, policiais militares ambientais da região se depararam na manhã de ontem (12), com um veículo Fiat Uno, o qual tentou despistá-los. Em seguida, dois pescadores foram presos, sendo um pela 4ª vez, e também foi aplicada multa de R$ 11,2 mil. Os policiais perceberam que quem dirigia era um […]

Arquivo Publicado em 13/02/2013, às 11h40

None

Ao realizar patrulhamento no centro da cidade de Jardim, policiais militares ambientais da região se depararam na manhã de ontem (12), com um veículo Fiat Uno, o qual tentou despistá-los. Em seguida, dois pescadores foram presos, sendo um pela 4ª vez, e também foi aplicada multa de R$ 11,2 mil.


Os policiais perceberam que quem dirigia era um pescador, que já tinha sido autuado em flagrante pela PMA (Polícia Militar Ambiental) por pesca predatória. Ao abordar o condutor do veículo, encontraram uma tarrafa (petrecho proibido) e dois peixes, sendo um “pintado” e um “cachara”, pesando 14 kg. Ambos estavam com marcas de terem sido capturados com redes de pesca ou tarrafa (petrecho proibido).


Os pescadores confessaram ter capturado os peixes na noite anterior no rio Miranda, com utilização de redes e tarrafas. Eles contaram que haviam capturado 16 peixes das espécies cachara e pintado durante a pescaria, porém, os demais, já tinham sido vendidos.


Diante do crime ambiental, o pescado e o veículo foram apreendidos e os infratores receberam voz de prisão. Eles foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Jardim, juntamente com o material apreendido e autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção.


Com esta detenção, o pescador reincidente é preso pela quarta vez pela PMA por pesca predatória. Ele foi multado administrativamente em R$ 10.820,00. O outro, que não era reincidente foi multado em R$ 980,00.O pescado apreendido será doado para instituição filantrópica após a perícia.

Jornal Midiamax