Geral

PF desarticula quadrilha que fraudava aposentadorias pelo INSS no Ceará

A polícia Federal desarticulou, nesta quinta-feira (01), uma quadrilha no Ceará responsável por fraudar benefícios do INSS no interior. A PF ainda não tem o valor real do prejuízo, mas sabe que atinge a casa dos milhões de reais. Na operação Blokk foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e 3 pessoas foram presas, […]

Arquivo Publicado em 01/11/2013, às 13h04

None

A polícia Federal desarticulou, nesta quinta-feira (01), uma quadrilha no Ceará responsável por fraudar benefícios do INSS no interior. A PF ainda não tem o valor real do prejuízo, mas sabe que atinge a casa dos milhões de reais. Na operação Blokk foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e 3 pessoas foram presas, entre elas um funcionário do INSS do município de Russas, a 160km de Fortaleza.

As investigações tiveram início em 2011. De acordo com a polícia, o esquema funcionava por eio de intermediários que levavam pessoas, que ainda não tinham o perfil para receber o benefício do INSS, à agência do órgão, onde um dos integrantes lançava informações falsas no sistema previdenciário para liberar o benefício para estas pessoas.

Agora a PF irá estudar todos os arquivos dentro dos computadores apreendidos para analisar caso a caso e identificar o tamanho real do prejuízo aos cofres públicos. Os benefícios identificados como fraudulentos serão cancelados.

Jornal Midiamax