Geral

Partida de futebol termina com jogador e juiz assassinados no Maranhão

Uma partida de futebol acabou com um jogador e o árbitro que apitava o jogo assassinados, no povoado Centro do Meio, no município de Pio XII (a 284km de São Luís), no último domingo. Segundo a polícia, os assassinatos ocorreram devido a uma discussão entre o árbitro e um jogador de um dos times. Investigadores […]

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 19h47

None

Uma partida de futebol acabou com um jogador e o árbitro que apitava o jogo assassinados, no povoado Centro do Meio, no município de Pio XII (a 284km de São Luís), no último domingo.


Segundo a polícia, os assassinatos ocorreram devido a uma discussão entre o árbitro e um jogador de um dos times. Investigadores da Polícia Civil, da 7ª delegacia Regional de Santa Inês, que investiga o caso, informaram que o juiz de futebol Otávio Jordão da Silva (20 anos) deu cartão vermelho e expulsou um dos jogadores de um dos times, Josenir Santos Abreu (30 anos), que não aceitou a punição e partiu para cima do árbitro.


Na luta corporal, o jogador foi atingido com golpes de faca na região do peito desferidos pelo árbitro e morreu a caminho do hospital.


Familiares de Abreu ficaram indignados com o ocorrido e lincharam o árbitro. Ele foi agredido a pedradas e faleceu ainda no campo de futebol. Segundo a polícia, o corpo do juiz foi esquartejado.


O delegado regional de Santa Inês, Válter Costa, informou que várias pessoas, que assistiam a partida de futebol, usaram telefones celulares para filmar os crimes.


“Relatos de testemunhas já indicaram algumas pessoas que estavam no local na hora do fato. Vamos identificar e responsabilizar todos envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como essa não colaboram com a legalidade de um estado de direito”, disse o delegado.


A polícia afirmou já estar de posse de algumas filmagens e está identificando os autores dos crimes para que eles sejam responsabilizados.

Jornal Midiamax