Geral

Onça-pintada capturada no rio Miranda passará por exames radiológicos

A Onça Pintada que está co Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) passará por exames radiológicos. O animal foi capturado na última segunda-feira (7), pela equipe da Polícia Militar Ambiental (PMA) e Corpo de Bombeiros no rio Miranda na região do Passo da Lontra. Segundo o veterinário do CRAS, Álvaro Cavalcanti, a onça está […]

Arquivo Publicado em 09/10/2013, às 13h57

None

A Onça Pintada que está co Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) passará por exames radiológicos. O animal foi capturado na última segunda-feira (7), pela equipe da Polícia Militar Ambiental (PMA) e Corpo de Bombeiros no rio Miranda na região do Passo da Lontra.


Segundo o veterinário do CRAS, Álvaro Cavalcanti, a onça está em observação e realiza exames para o diagnóstico de saúde do animal.


A onça que pesa cerca de 100 kg foi capturada é um animal adulto. Conforme informações das pessoas que moram na região do Passo da Lontra, ela teria sido atropelada por uma embarcação e estava com a parte traseira ferida e com dificuldades de locomoção.


Para capturá-la a PMA usou tranquilizante e, imobilizada foi transportada em uma embarcação para o CRAS de Campo Grande.


Onça-Parda
Na semana passada, o CRAS recebeu também outra Onça, capturada às margens do Rio Dourados, na região de Fátima do Sul – distante a 237 km de Campo Grande. O felino estava preso na armadilha de caçadores.


De acordo com veterinário do CRAS, o felino está se recuperando bem e voltou a ganhar peso. Após a sua reabilitação, ela passará pela cirurgia de retirada da pata dianteira. Ela será encaminha para Belo Horizonte (MG), para uma ONG que cuida de felinos.

Jornal Midiamax