Geral

Oficina ensina artesanato indígena e ajuda comunidade da Aldeia Pirajuí a gerar renda

Resgatar os valores indígenas e promover renda, esta são duas possibilidades que a Oficina de Artesanato Indígena, que acontece entre hoje (4) e a próxima quinta-feira (14) possibilita para as comunidades onde são realizadas. Nestes dez dias, a Aldeia Pirajuí, em Paranhos – cidade a 477 quilômetros de Campo Grande – recebe os trabalhos. Vão […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 11h17

None
1230101345.jpg

Resgatar os valores indígenas e promover renda, esta são duas possibilidades que a Oficina de Artesanato Indígena, que acontece entre hoje (4) e a próxima quinta-feira (14) possibilita para as comunidades onde são realizadas.

Nestes dez dias, a Aldeia Pirajuí, em Paranhos – cidade a 477 quilômetros de Campo Grande – recebe os trabalhos. Vão ser 30 artesãos do núcleo produtivo local, da etnia Guarani Kaiowá, participando das aulas ministradas pelo professor Mathias Duram.

O objetivo é capacitar os artesãos na criação de peças que usam argila e fibra como matérias-primas, respeitando as características do artesanato indígena de Mato Grosso do Sul.

A oficina pretende ainda resgatar os ofícios tradicionais, transformando-os em possibilidade de geração de trabalho e renda na comunidade nas diversas áreas necessárias à produção de peças artesanais.

Serviço

Para mais informações sobre os projetos da área do artesanato da Fundação de Cultura basta entrar em contato com a Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais através dos telefones 3316-9107, 9152 ou 9333.

Jornal Midiamax