Geral

No primeiro dia útil com mudança em linha de ônibus, usuários ficam perdidos no Centro

No primeiro dia útil após a mudança de itinerário das linhas 061, 080, 062 e 065 na Praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande, muitos usuários do transporte coletivo ainda estavam perdidos com a alteração nesta segunda-feira (4). A confusão ocorreu principalmente no ponto de ônibus da Praça Ary Coelho, na rua 15 de […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 19h57

None
1871984601.jpg

No primeiro dia útil após a mudança de itinerário das linhas 061, 080, 062 e 065 na Praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande, muitos usuários do transporte coletivo ainda estavam perdidos com a alteração nesta segunda-feira (4). A confusão ocorreu principalmente no ponto de ônibus da Praça Ary Coelho, na rua 15 de novembro, onde paravam as linhas 061 (Moreninha-Shopping) e 080 (Aero Rancho-General Osório) e agora, será parada exclusiva de ônibus executivos.


Durante o tempo que a reportagem do Mídiamax esteve no local, muitos usuários do transporte, principalmente idosos, disseram não saber da mudança. Segundo um dos funcionários da estação Peg-Fácil, que informava os passageiros da mudança, vários cartazes foram colocados no local para informar a alteração, mas alguns distraídos não prestaram atenção e outros cartazes foram destruídos por vândalos.


Um dos ‘perdidos’ na tarde desta segunda-feira, foi o pedreiro Adelino Araujo de Lima, 49 anos, que esperava o ônibus da linha 061. “Eu pegava o ônibus em outro, ponto. Essa é segunda vez que vim aqui e ainda não sabia da mudança”, diz.


Sentada esperando o ônibus no local errado, a dona de casa Emília das Graças Farias soube pela reportagem que as linhas haviam mudado de itinerário. “Não sabia que tinha mudado, agora vou ter que ir para a 13 de maio então”, comenta. Para Willams Francisco, 61 anos, que ficou sabendo por meio do funcionário da Assetur, a mudança não gerou transtornos.  “Continua na mesma, é aqui perto”.


Já os usuários da linha executiva comemoraram a mudança. “Melhorou muito. Já estava cansada de tomar chuva. Pelo menos agora pensaram na gente. Já tinha reclamado, mas nunca tomavam uma providência”, comenta a encarregada Cleonísia Figueiredo, 46 anos, que esperava o ônibus que vai para o bairro Universitário.


A estudante Alessandra da Silva Mendes, que esperava o ônibus 291(Nova Bahia-Shopping Bosque dos Ipês) aprovou a mudança dos ônibus. “Agora ficou tudo organizado. Aqui [15 de novembro] fica que pega o executivo, na Afonso Pena quem vai para o Aero-Rancho. Antes a gente ficava no sol e na chuva”, afirma. “As pessoas reclamam, mas vão acostumar”, acrescenta.

Já para o português Silvino Ferreira da Cruz, 72 anos, que também foi ao local errado, o problema não é só a alteração do itinerário é a falta de ônibus. “Moro 55 anos em Campo Grande, e é essa porcaria. Tem pouco ônibus e essa passagem é um roubo. Minha filha mora em Goiânia e lá é R$2.15 a passagem”, protesta.


Para Francisco Ferreira da Costa, que foi motorista de ônibus por nove anos, a mudança já deveria ter sido feita há muito tempo. “Foi positivo tirar o 080 para cá [avenida Afonso Pena]. Nós[motorista] já falamos disso há muito tempo, mas nunca ouviram. Quem faz o sistema de transporte, anda de ônibus, pontua.


Esperando o ônibus da linha 080 na estação da Afonso pena, o aposentado Natálio Ojeda, 75 anos, disse que a mudança é boa e que já sabia da alteração. “Eu já sabia da mudança, ficou melhor, vai ser mais rápido agora”, relata.


Segundo a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), as mudanças visam a melhoria e reestruturação do transporte coletivo gerando mais agilidade e melhor atendimento ao público usuário.

Jornal Midiamax