Geral

MPE abre inquérito para investigar manutenção de raio-x e mamografia em Campo Grande

O Ministério Público Estadual abriu inquérito civil para apurar possíveis ilegalidades na tomada de preços 79/2012, que contratou empresa especializada em manutenção dos equipamentos de raio-x de Campo Grande. A abertura de inquérito foi publicada nesta terça-feira (23), no Diário Oficial do MPE. Aberto no segundo semestre do ano passado, a tomada de preços, do […]

Arquivo Publicado em 23/07/2013, às 11h13

None

O Ministério Público Estadual abriu inquérito civil para apurar possíveis ilegalidades na tomada de preços 79/2012, que contratou empresa especializada em manutenção dos equipamentos de raio-x de Campo Grande. A abertura de inquérito foi publicada nesta terça-feira (23), no Diário Oficial do MPE.


Aberto no segundo semestre do ano passado, a tomada de preços, do tipo “menor valor global”, está na mira do MPE, que investiga atos de improbidade administrativa na licitação.


O objeto da licitação foi a “contratação de empresa especializada para manutenção preventiva e corretiva em equipamento de raio-x, processador de filme de raio-x, ultrassonografia e mamografia da Secretaria Municipal de Saúde Pública de Campo Grande”.


O inquérito está nas mãos do promotor Henrique Franco Cândia, da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da comarca de Campo Grande.


A licitação foi encerrada no dia 14 de novembro do ano passado, depois de vários ‘intempéries’, como a exclusão de duas empresas por descumprimento do edital.

Jornal Midiamax