Geral

Moradores de Nova Andradina reclamam que terrenos baldios ajudam proliferar a dengue

Devido a epidemia que vem acontecendo em Nova Andradina, moradores do bairro São Vicente, relatam que o avanço da doença no bairro está sendo causado pelo acumulo de lixo nos terrenos baldios. Os terrenos estão servindo como lixão, sendo acumuladas garrafas pets, animais mortos, pneus e demais objetos que ajudam a proliferar os focos da […]

Arquivo Publicado em 23/01/2013, às 10h15

None
1077231340.bmp

Devido a epidemia que vem acontecendo em Nova Andradina, moradores do bairro São Vicente, relatam que o avanço da doença no bairro está sendo causado pelo acumulo de lixo nos terrenos baldios.


Os terrenos estão servindo como lixão, sendo acumuladas garrafas pets, animais mortos, pneus e demais objetos que ajudam a proliferar os focos da doença. Segundo informações de moradores locais, o lixo vem sendo jogando por pessoas de outros bairros, no período noturno.


A população do Bairro São Vicente cobra das Autoridades Municipais, medidas mais eficazes para que os proprietários dos terrenos sejam obrigados a realizar a limpeza. As medidas podem ser tomadas através de multas mais severas a esses proprietários que estão irregulares.


A maioria dos terrenos não são murados, o que colabora com o acumulo de lixo jogado pela população. Segundo relatos da comunidade o caminhão da reciclagem não vem passando mais no bairro com freqüência, o que se torna difícil dar destino as garrafas pet, pois a coleta do lixo municipal só leva material orgânico.


Os terrenos estão localizados nas ruas: São José, Anaurilândia, Milton Modesto e Espírito Santo.

Jornal Midiamax