Geral

Médicos de Mato Grosso do Sul param atendimentos na próxima terça-feira

Os médicos da rede pública e privada de Mato Grosso do Sul irão paralisar os atendimentos na próxima terça-feira (23). Apenas serão atendidos durante este dia, casos de urgência e emergência. A iniciativa faz parte do cronograma de ações estipulados pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam). A decisão de paralisação dos médicos do estado foi […]

Arquivo Publicado em 18/07/2013, às 19h56

None

Os médicos da rede pública e privada de Mato Grosso do Sul irão paralisar os atendimentos na próxima terça-feira (23). Apenas serão atendidos durante este dia, casos de urgência e emergência. A iniciativa faz parte do cronograma de ações estipulados pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam).


A decisão de paralisação dos médicos do estado foi votada pelo Sinmed-MS (Sindicato dos Médicos), AMMS (Associação Médica) e Academia de Medicina, durante assembléia realizada na segunda-feira (15). De acordo com o sindicato, 4.500 médicos atuam em todo estado, sendo metade na Capital.


A mobilização é motivada pelo posicionamento do governo Federal em aumentar em mais dois anos o curso de medicina, vetar os principais pontos do Ato Médico, além de querer trazer médicos estrangeiros para o país, sem que passem pelo exame de revalidação de diploma.


 “Não podemos mais aceitar passivamente tudo o que vem acontecendo, os médicos cansaram de levar a culpa pela incompetência da gestão pública. A maioria decidiu por paralisação e nós vamos paralisar”, disse o presidente do sindicato, Marco Antônio Leite.


A concentração para mobilização está marcada para ocorrer as 9h, na Praça Ary Coelho e farão passeata pelas ruas 14 de julho, Barão do Rio Branco e 25 de dezembro. De acordo com o calendário da Fenam (Federação Nacional dos Médicos), mais duas paralisações estão previstas para acontecer caso a situação não se reverta.

Jornal Midiamax