A Marcha pela Humanização do Parto movimenta Dourados na manhã deste sábado. A caminhada, iniciou às 8h, em frente à Câmara de Vereadores, e seguiu até a Praça Antônio João. Neste local ocorre entrega de material informativo e conscientização sobre a importância do parto humanizado.

A marcha conta com a participação de doulas (profissionais que acompanham a mulher na hora do parto), profissionais da saúde, mães, pais, filhos, gestantes e pessoas que compartilham da luta encampada pela marcha. Os manifestantes foram às ruas a favor da humanização da assistência ao parto e nascimento. Elas ainda são contra a chamada violência obstétrica, que inclui maus tratos, procedimentos desnecessários, privações e assédio moral durante o parto.

A mobilização é organizada pelo Gaph (Grupo de Apoio ao Parto Humanizado), mantido por doulas voluntárias que se reúnem com gestantes e seus acompanhantes, para falar sobre o que é o parto humanizado e orientar sobre os direitos das mães no pré, durante e pós-parto.