Geral

Líder do PSDB na Assembleia defende candidatura própria, mas quer ouvir a população

O deputado Rinaldo Modesto, líder do PSDB na Assembleia Legislativa, defende candidatura própria do partido na disputa pelo Governo do Estado em 2014. Porém, quer ouvir a população para saber qual será o melhor caminho a ser tomado pelo partido na disputa. “Vamos ouvir a população para saber se prefere que o Reinaldo (deputado Reinaldo […]

Arquivo Publicado em 20/07/2013, às 15h15

None
1686437955.jpg

O deputado Rinaldo Modesto, líder do PSDB na Assembleia Legislativa, defende candidatura própria do partido na disputa pelo Governo do Estado em 2014. Porém, quer ouvir a população para saber qual será o melhor caminho a ser tomado pelo partido na disputa.

“Vamos ouvir a população para saber se prefere que o Reinaldo (deputado Reinaldo Azambuja-PSDB) dispute o Governo ou o Senado. Com o ‘Pensando Mato Grosso do Sul’ vamos ouvir a população. As manifestações que ocorreram recentemente são provas inequívocas de que as pessoas querem ser ouvidas. O povo quer ser incluído”, avaliou.

O deputado acredita que a candidatura será importante para o PSDB, que terá candidato à presidência em 2014. “Time que não entra em campo não tem torcida. O PSDB tem projeto nacional com o Aécio (senado Aécio Neves), que está crescendo nas pesquisas e com o PT caindo. Isso está irradiando sentimentos nos estados”, detalhou.

Rinaldo explica que tem andado por todo o interior do Estado, onde percebeu o interesse de prefeitos e vereadores na candidatura de Reinaldo Azambuja. “Pelo andar da carruagem, o pessoal tem falado muito no nome do Reinaldo para o Governo do Estado. Andei por mais de 20 municípios nos últimos dias e muita gente defende a candidatura”, explicou.

O líder do PSDB ficou satisfeito com o crescimento do partido na última eleição, onde conseguiu eleger 12 prefeitos, 11 vices e 100 vereadores, mesmo sem ter a máquina administrativa da Capital e do Governo do Estado. “Foi o partido que mais cresceu em número de votos. A performance de Reinaldo oxigenou o partido, que agora faz o ‘Pensando Mato Grosso do Sul’ para ouvir as demandas das regiões. Vamos ouvir o que a população quer em 2014”, declarou.

O deputado admite que há uma simpatia do PSDB de Mato Grosso do Sul pelo senador Delcídio do Amaral. Porém, ressalta que a decisão passará principalmente pela pesquisa feita com a população.

Jornal Midiamax