Geral

Juiz condena a pena máxima adolescentes acusados de matar taxista em Naviraí

O juiz titular da Vara Criminal e da Infância e Juventude da Comarca de Naviraí condenou nesta semana os adolescentes W.H.S, de 17 anos e J.A de 16 anos, a pena máxima de internação a socioeducativa. Os dois adolescentes infratores que se encontraram internados na UNEI (Unidade Educacional de Internação) da cidade de Ponta Porã, […]

Arquivo Publicado em 25/01/2013, às 19h37

None
1509058770.jpg

O juiz titular da Vara Criminal e da Infância e Juventude da Comarca de Naviraí condenou nesta semana os adolescentes W.H.S, de 17 anos e J.A de 16 anos, a pena máxima de internação a socioeducativa.



Os dois adolescentes infratores que se encontraram internados na UNEI (Unidade Educacional de Internação) da cidade de Ponta Porã, desde o último dia 17 em razão de decisão do juiz titular da Vara da Infância e Juventude pela suposta prática de um latrocínio, (roubo seguido de morte) do taxista Gerson Pereira da Silva, de 52 anos, que foi morto a chutes e socos na noite do último dia 31 de Dezembro em Naviraí.



O adolescente W.H. de 17 anos, já possui passagem por roubo, onde em Junho do ano passado, ele em companhia de mais dois comparsas (esses já presos), roubarem um hotel localizado na avenida Dourados no centro de Naviraí e ainda espancaram violentamente uma senhora de 71 anos proprietária do local. Já o adolescente J.A. de 16 anos também já varias passagens por prática de diversos assaltos de celulares e objetos pessoais de transeuntes também em vias públicas de áreas centrais do município.



Os dois adolescentes foram condenados à medida socioeducativa de internação e deverão permanecer detidos pelo período de 03 anos, limite máximo permitido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.


Jornal Midiamax