Geral

HU confirma 102 casos com servidores “gripados”, 47 foram afastados e seis confirmados com H1N1

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (HU/UFMS) divulgou um balanço que desde o início do inverno, há quase um mês, 102 funcionários apresentaram sintomas gripais. Destes, 47 foram afastados neste período, sendo que seis tiveram a confirmação de H1N1. Dos casos confirmados, todos já foram tratados com Tamiflu e voltaram […]

Arquivo Publicado em 18/07/2013, às 14h56

None
1102804377.jpg

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (HU/UFMS) divulgou um balanço que desde o início do inverno, há quase um mês, 102 funcionários apresentaram sintomas gripais. Destes, 47 foram afastados neste período, sendo que seis tiveram a confirmação de H1N1.

Dos casos confirmados, todos já foram tratados com Tamiflu e voltaram ao trabalho. Nesta quinta-feira (18) há cinco funcionários afastados com síndrome gripal, mas não existe suspeita. Os resultados dos exames estão sendo esperados. Os funcionários devem voltar ao trabalho na próxima semana.

Ao total, a assessoria de imprensa também informou que 1.050 pessoas entre servidores e alunos, que passam pelo HU diariamente, foram vacinados.

Proporcionalmente, este número em comparação com as suspeitas faz com que o hospital descarte que há um surto no local. Porém, para o segundo o Ministério da Saúde mais de dois casos dentro de um mesmo hospital deve ser considerado surto.

Pacientes

No HU há sete pacientes com síndrome gripal, sendo que apenas um destes foi confirmada a gripe H1N1. Segundo a assessoria, este paciente já chegou ao hospital com o quadro estabelecido e não pegou a gripe no local. Ele não corre risco de vida.

De janeiro até agora cinco casos influenza A, sendo três H1N1 e um H3N2 foram contabilizados no hospital. Outro caso foi confirmado, mas com um vírus ainda não identificado. Apenas o paciente com H3N2 veio a óbito.

Jornal Midiamax