Geral

Homem pede US$25 milhões por ajudar na captura de bin Laden

Um vendedor de pedras preciosas exigiu uma recompensa de US$ 25 milhões por ter ajudado investigadores federais norte-americanos a encontrar o ex-líder da Al-Qaeda Osama bin Laden. Tom Lee, de 63 anos, informou em 2003 as autoridades dos Estados Unidos sobre o paradeiro de bin Laden. Agora, ele contratou o escritório de advocacia Loevy & […]

Arquivo Publicado em 02/11/2013, às 17h10

None

Um vendedor de pedras preciosas exigiu uma recompensa de US$ 25 milhões por ter ajudado investigadores federais norte-americanos a encontrar o ex-líder da Al-Qaeda Osama bin Laden.


Tom Lee, de 63 anos, informou em 2003 as autoridades dos Estados Unidos sobre o paradeiro de bin Laden. Agora, ele contratou o escritório de advocacia Loevy & Loevy para lutar por sua recompensa.


Em agosto, os advogados do comerciante enviaram uma carta ao diretor do FBI, James Comey, explicando que Lee recebeu a informação do paradeiro do então líder da Al-Qaeda através de um agente da inteligência do Paquistão.


Bin Laden foi morto em 2 de maio de 2011, em uma operação das forças especiais dos EUA. Ele foi encontrado em uma residência fortificada na cidade de Abbottabad, no Paquistão.

Jornal Midiamax