Geral

Grupo ligado à Al Qaeda assume autoria por ataque a ministério no Iêmen

Um grupo ligado à rede Al Qaeda assumiu a responsabilidade pelo ataque de quinta-feira contra o Ministério da Defesa do Iêmen que deixou 52 mortos, na pior ação de militantes em 18 meses. “Em devoção à política de atingir salas de operação de aviões sem pilotos, os mujahideens (combatentes sagrados) atacaram com força uma dessas […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 10h13

None

Um grupo ligado à rede Al Qaeda assumiu a responsabilidade pelo ataque de quinta-feira contra o Ministério da Defesa do Iêmen que deixou 52 mortos, na pior ação de militantes em 18 meses.


“Em devoção à política de atingir salas de operação de aviões sem pilotos, os mujahideens (combatentes sagrados) atacaram com força uma dessas salas na sede do Ministério da Defesa”, disse Ansar al-Sharia (Partidários da lei Islâmica) em uma mensagem postada no Twitter, no início desta sexta-feira.


O grupo é ligado da Al Qaeda na Península Arábica.

Jornal Midiamax