Geral

Ex-prefeito cassado durante Operação Uragano é internado em hospital de Dourados

O ex-prefeito de Dourados, Ari Valdecir Artuzi, está com a saúde fragilizada desde 2011, quando descobriu que possuía um tumor colorretal. Desde então tem passado por cirurgias, sessões de quimioterapia e viu sua rotina ser alterada por causa da doença. Uma das principais mudanças que enfrenta é na alimentação, tanto que um ‘descuido’ pode ter […]

Arquivo Publicado em 15/08/2013, às 00h08

None
19920671.jpg

O ex-prefeito de Dourados, Ari Valdecir Artuzi, está com a saúde fragilizada desde 2011, quando descobriu que possuía um tumor colorretal. Desde então tem passado por cirurgias, sessões de quimioterapia e viu sua rotina ser alterada por causa da doença. Uma das principais mudanças que enfrenta é na alimentação, tanto que um ‘descuido’ pode ter sido o motivo pelo qual ele teve que ser internado.

Na segunda-feira, o ex-prefeito foi para o Hospital Evangélico, aonde deu entrada apresentando vômitos e um quadro de desidratação aguda. “Assim que descobriu o tumor ele começou a ter acompanhamento nutricional e é obrigado a seguir à risca as novas regras de alimentação, porém, às vezes acaba se descuidando como agora. Isso pode causar problemas de saúde, obrigando-o a ter que voltar para o hospital”, disse a esteticista Marinete Bezerra, esposa.

Segundo Marinete, o marido precisa evitar comidas ‘pesadas’. “No momento ele não tem ingerido muitos sólidos, ficando praticamente restrito a alimentos leves como sopas, algumas frutas, legumes, sucos e caldos”, explicou. Em junho, Artuzi passou por uma cirurgia de retirada do tumor no intestino, e agora segue com o tratamento de quimioterapia. Ainda de acordo com a esposa, as expectativas são boas.

“São tempos difíceis, mas o que anima é que os médicos dizem que ele está reagindo bem à quimioterapia. Acredito que as sessões vão continuar por mais três ou quatro meses, pelo menos. Até lá, terá que se cuidar ainda mais, principalmente com as coisas que come. Apesar desta situação, ele está bem e pode receber alta do Hospital Evangélico na quinta ou sexta-feira”, disse.

Jornal Midiamax