Geral

Douradense nocauteia lenda do MMA com chute no rosto

Com um nocaute no segundo round, o douradense Olívio Acosta “Paraguaio”, atleta da academia de artes marciais Nine Nine, derrotou o experiente Claudionor Cardoso durante a quarta edição do Cage Combat MMA, evento realizado no último sábado, no ginásio municipal de Bonito. A luta válida pela categoria até 66 quilos, era chance que Paraguaio precisava […]

Arquivo Publicado em 07/10/2013, às 14h14

None
212188765.jpg

Com um nocaute no segundo round, o douradense Olívio Acosta “Paraguaio”, atleta da academia de artes marciais Nine Nine, derrotou o experiente Claudionor Cardoso durante a quarta edição do Cage Combat MMA, evento realizado no último sábado, no ginásio municipal de Bonito.


A luta válida pela categoria até 66 quilos, era chance que Paraguaio precisava para se firmar como grande destaque da modalidade em Mato Grosso do Sul.


Aos 24 anos, ele conseguiu unir talento e vigor físico para desestabilizar o oponente com fortes chutes na perna, ainda no primeiro round. No segundo round, desferiu um chute no queixo que colocou pra baixo um dos atletas mais importantes da história do MMA do Estado (a essa altura da luta Claudionor já estava visivelmente cansado).


“Foi um combate difícil e muito estudado. Eu sabia que ele tinha um bom jogo de chão e que me derrubaria. Treinei muito isso e consegui anular sua estratégia mantendo a distância e chutando. Ele chegou a me derrubar, mas consegui me sobressair. No segundo round, via que ele sempre vinha por baixo,tentando me jogar para o chão, quando ele ficou de pé, acertei um belo chute provocando o nocaute”, disse Olívio.


Este foi a sétima vitória em sete lutas do douradense que se credencia para participar de eventos maiores. “A vontade é de chegar cada vez mais longe, mas é preciso ir com calma. Penso em lutar nos grandes centros, mas no momento vou continuar treinando forte, sem folga. Essa semana já volto normalmente aos treinos e às aulas que ministro”, disse.

Jornal Midiamax