Geral

Curta coproduzido por brasileiros compete em mostra paralela de Berlim

O curta-metragem “O Caminhão do Meu Pai”, a primeira coprodução realizada entre Brasil e Vietnã, foi selecionado para concorrer em uma mostra paralela chamada “Generation” no próximo Festival de Berlim, que acontece entre os dias 7 e 17 de fevereiro. O filme foi inteiramente rodado no norte do Vietnã, Hanói e nas cidades vizinhas, e […]

Arquivo Publicado em 24/01/2013, às 20h24

None
2101207472.jpg

O curta-metragem “O Caminhão do Meu Pai”, a primeira coprodução realizada entre Brasil e Vietnã, foi selecionado para concorrer em uma mostra paralela chamada “Generation” no próximo Festival de Berlim, que acontece entre os dias 7 e 17 de fevereiro.



O filme foi inteiramente rodado no norte do Vietnã, Hanói e nas cidades vizinhas, e possui em sua equipe técnica profissionais de diversos países, entre eles os brasileiros Maurício Osaki na direção, roteiro e produção, Pierre de Kerchove na direção de fotografia e produção e Flavia Guerra na assistência de direção e coprodução.



A trama mostra a história de Mai Vy, uma menina vietnamita de dez anos que após um momento ruim na escola pede para passar o dia com o pai, que transporta agricultores em seu caminhão pelos campos de arroz do país. Ele nomeia a filha sua assistente, que passa a recolher o dinheiro dos passageiros, até que ela descobre que o pai tem outras atividades.



No elenco estão a pequena Mai Vy, que tinha apenas nove anos durante as filmagens, e TrungAnh, ator de grande prestígio em seu país.


Jornal Midiamax