Geral

Câmara Ativa recolhe 2,3 toneladas de resíduos e já planeja novas ações

Duas toneladas e trezentos quilos de resíduos sólidos. Esse foi o balanço dos cinco mutirões de combate à dengue realizados na primeira ação do projeto “Câmara Ativa”, que levou os vereadores até os bairros Jardim Tijuca, Noroeste, Tiradentes, Nova Lima e Los Angeles. Durante todo o projeto parlamentares, assessores e voluntários foram às ruas recolhendo […]

Arquivo Publicado em 13/02/2013, às 12h24

None

Duas toneladas e trezentos quilos de resíduos sólidos. Esse foi o balanço dos cinco mutirões de combate à dengue realizados na primeira ação do projeto “Câmara Ativa”, que levou os vereadores até os bairros Jardim Tijuca, Noroeste, Tiradentes, Nova Lima e Los Angeles.


Durante todo o projeto parlamentares, assessores e voluntários foram às ruas recolhendo todo tipo de material que pudesse servir de depósito de água parada, favorecendo a proliferação do mosquito da dengue. Os moradores também foram orientados sobre como prevenir a doença, recebendo um folder informativo como forma de conscientização.


Em uma iniciativa inédita da Mesa Diretora, os vereadores saíram às ruas e foram muito bem recebidos pelos moradores, que ficavam surpresos com a presença deles em bairros tão afastados dos grandes centros.


De acordo com o vereador Mario Cesar, presidente da Casa de Leis, as ações vão continuar.


“Foi importante esta primeira iniciativa, mas o trabalho tem que prosseguir. A dengue ainda não acabou. Temos que continuar a fazer nossa parte e conscientizar amigos e familiares sobre os cuidados para evitar a doença. Também aviso que a Câmara Ativa não vai parar por aqui. Já estamos programando outras campanhas, como a luta contra a violência no trânsito por exemplo”, destaca Mario Cesar.


Segundo o vereador Delei Pinheiro – 1º secretário, a ação foi muito importante para a conscientização dos moradores. “Nosso objetivo não é e nem nunca foi enaltecer os vereadores. Nosso compromisso é com os moradores. Queremos é ajudar a população nesse combate ao mosquito Aedes Aegypti e nada melhor do que ir aos bairros, percorrendo as ruas, ajudando na limpeza e orientando a todos”, disse Delei.


Para o vereador Eduardo Romero, após cinco ações, o balanço é muito positivo, já que foi possível levar informação para muitas pessoas.


Durante todo o Projeto “Câmara Ativa” foram percorridos cinco bairros de Campo Grande, escolhidos com base em dados fornecidos pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) sobre as regiões com mais infestação de dengue. A primeira ação foi realizada no dia 23 de janeiro no bairro Noroeste, onde os parlamentares recolheram cerca de uma tonelada de resíduos sólidos.


Na segunda ação, realizada no dia 29 de janeiro, no bairro Jardim Tijuca, quando foram recolhidos 300 quilos de lixo. Já na terceira edição feita no dia 31 de janeiro, no bairro Tiradentes foram recolhidos 400 quilos de materiais.


No dia 5 de fevereiro, foi a vez do bairro Nova Lima, quarto bairro visitado, onde foram recolhidos também 400 quilos de resíduos. Por fim, no bairro Los Angeles, último a receber o mutirão na quinta-feira (7 de fevereiro), foram recolhidos 200 quilos de materiais. As 2,3 toneladas recolhidas foram todas encaminhadas para núcleos de reciclagem, onde foi dada uma destinação correta para os resíduos.


Serviço


– A campanha tem apoio institucional do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniência do Estado de Mato Grosso do Sul), que colocará à disposição os postos de combustíveis de Campo Grande para serem pontos de coleta de pneus usados – que podem se tornar criadouros do mosquito transmissor.

Jornal Midiamax