Geral

Bilionária pode perder controle da Nestlé por causa de sua idade

Não bastassem os problemas familiares nos quais se envolveu nos últimos anos, a bilionária francesa Liliane Bettencourt agora também tem que se preocupar com um possível e cada vez mais provável rompimento com seu maior sócio nos negócios: a Nestlé. A gigante suíça do setor de alimentos possui uma participação de 29% na L’Oréal, da […]

Arquivo Publicado em 06/10/2013, às 20h32

None
496483187.jpg

Não bastassem os problemas familiares nos quais se envolveu nos últimos anos, a bilionária francesa Liliane Bettencourt agora também tem que se preocupar com um possível e cada vez mais provável rompimento com seu maior sócio nos negócios: a Nestlé. A gigante suíça do setor de alimentos possui uma participação de 29% na L’Oréal, da qual Liliane é acionista majoritária, com 30,5%.

Liliane e a Nestlé firmaram um acordo, em 1979, de que nenhuma das partes faria uma oferta hostil para aumentar sua participação na L’Oréal até pelo menos seis meses após a morte da bilionária, garantindo a seus herdeiros o controle da fabricante de cosméticos. O problema é que esse trato vence em abril do próximo ano, e ao que parece a Nestlé não pretende renová-lo, sobretudo porque ninguém imaginou na época que Liliane teria uma vida tão longeva – ela está com 90 anos.

A hipótese mais provável é que a Nestlé venda sua participação na L’Oréal, e nesse caso existe a possibilidade de que a própria Liliane compre as ações da empresa suíça. Para isso, no entanto, ela terá que desembolsar algo em torno de €22 bilhões [R$ 66 bilhões], para evitar a entrada de outro sócio que, ao contrário da Nestlé, talvez não seja tão amigável. Dos males o menor.

Jornal Midiamax