Geral

Barraco entre amantes no HRMS termina com casa de técnica de enfermagem incendiada

Um técnico de enfermagem que tem filho com a colega de profissão não aceitou a decisão dela de terminar a relação e fez barraco no Hospital Regional. Depois, colocou fogo nas coisas da mulher e fugiu.

Arquivo Publicado em 08/10/2013, às 18h06

None
1876125306.jpg

Um técnico de enfermagem que tem filho com a colega de profissão não aceitou a decisão dela de terminar a relação e fez barraco no Hospital Regional. Depois, colocou fogo nas coisas da mulher e fugiu.

O técnico de enfermagem Emerson Cabanhas, que provocou um princípio de incêndio na residência de sua companheira de trabalho E.C.N. de 30 anos, ainda não foi localizado pela polícia. Ambos trabalham no Hospital Regional. Caso seja encontrado ainda hoje, será preso em flagrante.


A confusão começou por volta das 6h30min. Cabanhas, que é casado com outra mulher, tem uma filha de quatro anos com a colega de profissão. Ela queria terminar o relacionamento, mas ele insistia em manter a situação e hoje foi ao HRMS, onde ameaçou e tentou a agressão.


A técnica de enfermagem se encaminhou à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher para prestar queixa e registrar o Boletim de Ocorrência.


Ao mesmo tempo, Cabanha deixou o Hospital Regional e foi até a casa da amante, no Bairro Alves Pereira, onte ateou fogo em alguns pertences da mulher. O Corpo de Bombeiros foi chamado mas o fogo não atingiu grandes proporções, sendo queimados alguns documentos, peças íntimas da mulher e alguns móveis que foram retirados da residência e queimados no quintal.


A polícia ainda está tentando localizar Cabanhas.

Jornal Midiamax