Geral

Amigos de aventuras, integrantes do ‘Clube da Harley’ prestam homenagens a Paulo Magalhães

Cinco amigos do delegado aposentado e professor universitário Paulo Magalhães, assassinado a tiros na terça-feira (25) no Jardim dos Estados, em Campo Grande, se juntaram a familiares e alunos da vítima para prestarem as últimas homenagens Eles contaram que, juntos, os seis integravam o “Clube da Harley Davidson” e costumavam fazer viagens ao interior de […]

Arquivo Publicado em 29/06/2013, às 19h52

None
539999471.jpg

Cinco amigos do delegado aposentado e professor universitário Paulo Magalhães, assassinado a tiros na terça-feira (25) no Jardim dos Estados, em Campo Grande, se juntaram a familiares e alunos da vítima para prestarem as últimas homenagens


Eles contaram que, juntos, os seis integravam o “Clube da Harley Davidson” e costumavam fazer viagens ao interior de Mato Grosso do Sul e a outros estados. Segundo os amigos de Paulo, o delegado sempre estava acompanhado da filha de 10 anos, chamada por ele de “parceirinha”.


A viagem mais recente do grupo ocorreu há cerca de dois meses, quando todos foram a São Gabriel do Oeste – a 133 quilômetros de Campo Grande – para aquela que seria a última viagem de aventura de Paulo. A “parceirinha” do delegado também esteve nesse trajeto


Durante as viagens era proibido falar dos problemas de trabalho e pessoais. As conversas eram embasadas sobre motor, combustível, peças da motocicleta e futuras viagens, disse o empresário Sandro Franchini, integrante do clube.


”A lembrança que vou ter dele [Paulo] é a de um grande parceiro. Nessa viagem a São Gabriel, no meio do caminho me deparei com a falta de uma peça da moto. Quando parei, Paulo parou logo atrás e me entregou a peça que tinha se perdido”, diz


O industriário Raul Mendes, também integrante do grupo, lembrou que Paulo chegou a ir ao Rio de Janeiro (RJ) de Harley Davidson. “Esse era um dos momentos que em que ele se divertia. Ele gostava de estar com os amigos no ‘Clube da Harley’”, conta.

Jornal Midiamax