Geral

YPF aumentou produção de gás e petróleo, anunciam interventores

A petrolífera argentina YPF, em processo de expropriação junto ao grupo espanhol Repsol, aumentou nos últimos dias em quase 5% sua produção de gás e em 0,7% a de petróleo, informaram nesta quinta-feira os interventores da empresa. Em comunicado divulgado pela agência estatal “Télam”, o interventor da YPF e ministro do Planejamento argentino, Julio de […]

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 02h46

None

A petrolífera argentina YPF, em processo de expropriação junto ao grupo espanhol Repsol, aumentou nos últimos dias em quase 5% sua produção de gás e em 0,7% a de petróleo, informaram nesta quinta-feira os interventores da empresa.


Em comunicado divulgado pela agência estatal “Télam”, o interventor da YPF e ministro do Planejamento argentino, Julio de Vido, detalhou que a produção de gás cresceu a 1,7 milhão de metros cúbicos por dia, enquanto a de petróleo aumentou em 1.500 barris diários.


De Vido, que é secundado por Axel Kicillof, vice-ministro da Economia, comentou que nesta quinta recebeu o vice-presidente regional da petrolífera americana Apache, Michael Bose, para analisar projetos de investimento em hidrocarbonetos não convencionais.


Bose ratificou a vontade de sua companhia “de aprofundar o desenvolvimento de gás de xisto e petróleo de xisto betuminoso na província de Neuquén (sul), onde já conta com 19 projetos de gás e produz 3 milhões de metros cúbicos de gás por dia”, assinalou o comunicado.


Desde que há dez dias o Governo argentino anunciou a intervenção da YPF e o início de um processo de desapropriação de 51% das ações em poder da Repsol, De Vido começou uma rodada de contatos com executivos de várias petrolíferas em busca de acordos para aumentar a produção de hidrocarbonetos.


O Senado argentino aprovou na madrugada desta quinta-feira o projeto governamental de nacionalização da YPF, que na próxima semana será discutido no plenário da Câmara dos Deputados para sua sanção definitiva.

Jornal Midiamax