Geral

Viatura da PM derruba semáforo e invade garagem de casa em Corumbá

Uma viatura da Polícia Militar se envolveu em um acidente na madrugada de domingo, 22 de abril, na rua Albuquerque esquina com a Ricardo Franco, em Corumbá. O veículo bateu em um semáforo e depois entrou na garagem de uma casa, onde funciona uma loja de conserto de aparelhos de celular. “Eram quase três da […]

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 14h46

None

Uma viatura da Polícia Militar se envolveu em um acidente na madrugada de domingo, 22 de abril, na rua Albuquerque esquina com a Ricardo Franco, em Corumbá. O veículo bateu em um semáforo e depois entrou na garagem de uma casa, onde funciona uma loja de conserto de aparelhos de celular.


“Eram quase três da manhã, eu e minha família fomos dormir tarde. Ainda não havia pegado no sono, quando ouvi um barulho muito forte. Pensei que fosse apenas uma batida de carro, já que muitos condutores alcoolizados passam por essa rua. Fui ver o que havia acontecido e vi a viatura da Polícia dentro da minha varanda. Foi um susto enorme. Nunca imaginei isso”, contou Roberto Carlos Vargas, de 34 anos.


Ele disse que mora no local há 12 anos e que nunca viu situação parecida. “Há batidas de carro, é comum que condutores bêbados trafeguem por aqui, até porque há uma empresa de bebidas na localidade, mas o acidente envolveu uma viatura da polícia, isso ninguém espera. Graças a Deus, o veículo atingiu uma área da casa onde não havia ninguém. Ficaram apenas os danos materiais”, afirmou. No local, ficaram esparramados pedaços de vidro, o semáforo que foi destruído e telhas de Eternit.


Toda a varanda da residência ficou afetada. O portão, o teto, as paredes, toda a estrutura foi comprometida. “Além da estrutura da casa que ficou comprometida, há outro problema, pois no local funcionava uma loja de consertos de telefones celulares. Havia celulares prontos para entrega, outros a consertar, agora vamos ter que explicar para os clientes o que aconteceu. Espero que entendam. A Polícia nos orientou a recolher todo o material e apresentar provas do que perdemos, vamos tentar resolver da melhor forma possível, mas agradeço a Deus por ninguém da minha família ter saído ferido”, apontou Roberto.


Inquérito técnico


O comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Waldir Acosta, informou que a viatura que invadiu o imóvel durante a madrugada estava empenhada numa perseguição a um suspeito de furto de motocicleta. “Eram três equipes e o suspeito havia furado uma barreira policial”, afirmou o comandante.


O tenente-coronel Waldir disse que os policiais que estavam na viatura acidentada não sofreram qualquer tipo de ferimento. “Houve a apenas danos materiais e a viatura passará por uma perícia”. A avaliação no carro da PM será para apontar se o veículo terá condições de uso. A dianteira ficou completamente destruída.


Um inquérito técnico vai ser aberto pelo Comando do 6º Batalhão da Polícia Militar para apurar as circunstâncias do acidente e também pelo fato de a viatura se tratar de patrimônio público

Jornal Midiamax