Geral

Verdão busca retomar confiança e reação em confronto direto com Coxa

Derrotado pelo São Paulo no clássico do último domingo, o Palmeiras viu o risco de disputar a Série B em 2013 aumentar. Restando dez rodadas para o final do Brasileirão, o time alviverde aposta no jogo desta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), contra o Coritiba, em Araraquara (SP), para retomar a confiança e reação […]

Arquivo Publicado em 11/10/2012, às 14h22

None

Derrotado pelo São Paulo no clássico do último domingo, o Palmeiras viu o risco de disputar a Série B em 2013 aumentar. Restando dez rodadas para o final do Brasileirão, o time alviverde aposta no jogo desta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), contra o Coritiba, em Araraquara (SP), para retomar a confiança e reação que demonstrou na chegada de Gilson Kleina.


Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de quatro mandos de jogo por conta dos problemas no último clássico com o Corinthians, no Pacaembu, o time inicia nesta partida sua sequência de jogos fora da capital paulista. Além da equipe do Alto da Glória, Cruzeiro, Botafogo e Fluminense visitarão o Palmeiras a 100 km de São Paulo (SP).


Apesar da ida para o interior do estado, longe de onde está habituado, o elenco palmeirense enumera fatores positivos para o jogo na Fonte Luminosa. “O campo é bom, jogo à noite não é influenciado pelo calor e a torcida irá comparecer. Nós vamos usar tudo isso a nosso favor. Motivação não vai faltar, pois temos a consciência do que precisamos fazer. Vamos deixar tudo de ruim para trás”, disse o goleiro Bruno, à rádio Estadão/ESPN.


Com apenas 26 pontos em 28 partidas, o Verdão é o antepenúltimo colocado, a seis do Coxa, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Depois de duas vitórias consecutivas na competição, contra Ponte Preta e Figueirense, a equipe teve fraca atuação no clássico com o São Paulo e acabou derrotada por 3 a 0.


Após o confronto no Morumbi, Kleina convocou seu elenco para uma reunião que serviu para cobrar atenção. “Ele pediu para focarmos única e exclusivamente o jogo de quinta-feira. Não podemos ficar lamentando, foi um acidente de percurso, mas precisamos já focar no Coritiba por se tratar de um confronto direto e muito difícil. Precisamos ter total tranquilidade e esquecer o clássico”, disse Tiago Real, que deve assumir a vaga de titular na armação.


A escolha pelo camisa 23, que fizera bons jogos desde que foi contratado junto ao Joinville, mas tornou-se reserva com a saída de Felipão, se dará pela ausência de Valdivia. Titular da equipe no Choque-Rei, o chileno sofreu uma lesão no joelho esquerdo e deve ficar dois meses fora dos gramados, correndo o risco de voltar a atuar apenas em 2013.


Além dele, o lateral esquerdo Juninho sofreu uma contusão na coxa e será ausência por duas semanas. Os lesionados se juntam a Barcos, que está com a seleção argentina para a disputa de jogos das Eliminatórias para a Copa-2014, e Artur, que recebeu o cartão vermelho no jogo do Morumbi e precisa cumprir suspensão automática.


Na esquerda, o experiente Leandro deve fazer sua estreia desde que retornou ao clube, enquanto Obina forma dupla de frente com Maikon Leite, recuperado de torção no tornozelo direito e desfalque no clássico por estar suspenso. Thiago Heleno, fora no domingo graças a dores musculares, assume a vaga de Román na zaga.


Marcos Assunção, em compensação, é dúvida. Capitão e peça fundamental do time nas jogadas de bola parada, o jogador sentiu dores no joelho direito, que operou em agosto, e será analisado pela comissão técnica até poucos momentos antes do jogo. Caso não tenha condições, o volante pode ceder a vaga entre os titulares para Luan, deixando o Alviverde com três atacantes, ou João Denoni, que manteria o atual esquema.


Pelo Coritiba, o duelo desta quinta pode ser visto por vários aspectos. Nele pode começar a ser definido o destino do meia Alex, desejo da diretoria e dos torcedores, e que já teria sua volta ao Alto da Glória apalavrada. O jogador, que também foi ídolo no Palmeiras e desperta interesse dos paulistas, colocou a condição de só assinar com quem permanecer na primeira divisão.


O jogo ainda coloca frente a frente os finalistas da Copa do Brasil, embora em situação bem diferente, mas com o mesmo caráter decisivo. Se no meio do ano a luta era por uma vaga na Libertadores e título, conquistado pelo Palmeiras, agora é pela sobrevivência. Além disso, o meia Lincoln, que deixou o clube alviverde descontente, terá sua oportunidade de mostrar serviço ao ex-clube.


Ingredientes especiais à parte, o técnico Marquinhos Santos tem que montar a sua equipe, começando por resolver um grave desfalque na zaga. Sem poder contar com Emerson, Pereira e Bonfim, lesionados, além de Escudero e Demerson, suspenso, o treinador vai colocar em campo Cleiton, que está sem ritmo de jogo, e Luccas Claro.


“São atletas que já vinham treinando e compondo a equipe em treinamentos coletivos. Então eles já têm esse entrosamento na questão de treinamento, jogo oficial nãoponderou o comandante coxa-branca, que admite que quando a bola rolar, será na base da superação. “Acho que é um jogo que talvez a superação e a força de vontade sejam maiores que qualquer entrosamento, tratando-se do momento da competição e da rodada”, completou.


Pelas laterais, Ayrton e Eltinho seguem fora, abrindo espaço para Victor Ferraz e Dênis Neves provarem que são verdadeiras sombras na briga por vagas. No setor de armação, a novidade fica por conta do retorno de Éverton Ribeiro, que cumpriu suspensão e agora terá, ao lado de Rafinha e do próprio Lincoln, a tarefa de municiar Deivid no ataque.


FICHA TÉCNICA


PALMEIRAS x CORITIBA


Local: estádio Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)


Data: 11 de outubro de 2012, quinta-feira


Horário: 21 horas (de Brasília)


Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)


Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (Asp.Fifa-RJ) e Fabiano da Silva Ramires (Asp.Fifa-ES)


PALMEIRAS: Bruno; Correa, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Leandro; Henrique, Márcio Araújo, Marcos Assunção (Luan ou João Denoni) e Tiago Real; Maikon Leite e Obina


Técnico: Gilson Kleina


CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz, Cleiton, Luccas Claro e Denis; Willian, Gil, Lincoln e Éverton Ribeiro; Rafinha e Deivid


Técnico: Marquinhos Santos

Jornal Midiamax