Geral

Vasco precisa vencer Nova Iguaçu para garantir vaga nas semifinais

Após terminar sua participação na fase de grupos da Copa Libertadores da América com vitória, o Vasco teve pouco tempo para se recuperar visando à classificação para as semifinais da Taça Rio. Na segunda posição do grupo B, os cruz-maltinos precisam vencer o Nova Iguaçu neste domingo, em Moça Bonita, para não depender de outros […]

Arquivo Publicado em 15/04/2012, às 13h45

None

Após terminar sua participação na fase de grupos da Copa Libertadores da América com vitória, o Vasco teve pouco tempo para se recuperar visando à classificação para as semifinais da Taça Rio. Na segunda posição do grupo B, os cruz-maltinos precisam vencer o Nova Iguaçu neste domingo, em Moça Bonita, para não depender de outros resultados. A equipe da Baixada não tem mais chances de avançar e também não briga contra o rebaixamento.


O técnico Cristóvão Borges preferiu não adiantar a escalação do Vasco para a partida, até em função da confusão após o clássico contra o Flamengo. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) adiantou que os cruz-maltinos estão liberados para jogar sem nenhuma possibilidade de punição ao clube. No entanto, além do lesionado Dedé, o lateral direito Fagner e o meia Diego Souza são desfalques por suspensão.


A boa notícia para Cristóvão Borges é as voltas dos meias Juninho Pernambucano e Felipe, que têm chances de jogar juntos como titulares. Na lateral, Allan deve ser o escolhido, enquanto Juninho pode atuar na vaga de Diego Souza.


Segundo o treinador vascaíno, a vitória sobre o Nacional, no Uruguai, vai servir de motivação para a equipe buscar os três pontos e garantir a classificação para as semifinais da Taça Rio.


“Claro que uma viagem é sempre desgastante, mas, com a vitória que tivemos no Uruguai, fica mais fácil superar esse tipo de dificuldade. Além disso, temos um elenco maduro e acostumado a enfrentar jogos decisivos. Sabemos que a responsabilidade está do nosso lado, mas podemos lidar com essa situação. Estamos conscientes da necessidade da vitória e tranquilos porque confiamos em nossa capacidade”, declarou Cristóvão.


No Nova Iguaçu, o confronto não vale muito além de uma melhor classificação na pontuação geral do Campeonato Carioca. Com 17 pontos, a equipe não corre risco de rebaixamento. Na Taça Rio, somou somente oito pontos e ficou longe das primeiras colocações para brigar por uma vaga para as semifinais.


Mesmo assim, o técnico Leonardo Condé vai escalar os titulares para o encerramento do Carioca. “Vamos encarar como uma grande oportunidade de encerrar a participação da melhor forma possível. Devemos nos agarrar na chance de mostrar mais uma vez o trabalho de formação do Nova Iguaçu. Nosso objetivo é terminar a competição de forma honrosa”, disse.


FICHA TÉCNICA NOVA IGUAÇU X VASCO


Local: Estádio Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)


Data: 15 de abril de 2012, domingo


Horário: 16 horas (de Brasília)


Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)


Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Antonio de Oliveira (ambos do RJ)


NOVA IGUAÇU: Jefferson, Marcelinho, Naylhor, Vagner Eugenio e Chiquinho; Amaral, Filipe, Otávio e Dieguinho; Lukian e Leandrão


Técnico: Leonardo Condé


VASCO: Fernando Prass, Allan, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Nílton, Romulo, Fellipe Bastos e Juninho Pernambucano; Eder Luís e Alecsandro


Técnico: Cristóvão Borges

Jornal Midiamax