Geral

TRT empossa novos dirigentes para o biênio 2012/2014

Eleitos para o biênio 2012/2014, os desembargadores Francisco das C. Lima Filho e Nery Sá e Silva de Azambuja serão empossados na próxima segunda-feira (3) nos cargos respectivos de Presidente e Corregedor e Vice-Presidente e Vice-Corregedor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região em sessão solene a ser realizada às 19h no Centro de […]

Arquivo Publicado em 30/11/2012, às 19h52

None

Eleitos para o biênio 2012/2014, os desembargadores Francisco das C. Lima Filho e Nery Sá e Silva de Azambuja serão empossados na próxima segunda-feira (3) nos cargos respectivos de Presidente e Corregedor e Vice-Presidente e Vice-Corregedor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região em sessão solene a ser realizada às 19h no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo, no Auditório Manoel de Barros.



O des. Francisco, 60 anos, é natural de Luzilândia (PI). Diplomou-se em Ciências Jurídicas pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília, em 1980. Especializou-se em Direito Processual Civil pela Faculdades Integradas de Dourados, em 1997. Cursou Mestrado em Direito Constitucional pela Universidade de Brasília,DF, em 2002 e concluiu o Mestrado em Direito Social, em 2006, pela Universidad Castillla-la Mancha, na Espanha. Também é doutorando em Direito Social na mesma Universidade.



Atuou por dez anos na advocacia e ingressou na carreira da magistratura trabalhista após aprovação em concurso público para o cargo de Juiz do Trabalho Substituto do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, tendo tomado posse e entrado em exercício em 1989. Optou pelo e. Tribunal da 24ª Região quando da sua instalação em 1993. Foi promovido, em setembro no mesmo ano, pelo critério de antigüidade, ao cargo de Juiz Titular da 2ª Vara do Trabalho de Dourados.



Tomou posse como Desembargador Federal do Trabalho em 11 de abril de 2008. Entre outras atividades, foi Professor de Direito do Trabalho e Processual do Trabalho, no Centro de Ensino Unificado de Brasília-CEUB, em 1991. Professor de Direito Civil na Universidade do Estado de Mato Grosso do Sul, de Direito Processual do Trabalho e Teoria Geral do Processo da UNIGRAN – Centro de Ensino Universitário da Grande Dourados; da Escola da Magistratura do Trabalho da Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul – Unidade de Dourados; da Escola da Magistratura do Trabalho de Mato Grosso do Sul – EMATRA e Professor de Direito Processual Civil da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus de Dourados.



Natural de Campo Grande, com 53 anos, o des. Nery Sá e Silva de Azambuja possui graduação em Direito pela Universidade Católica Dom Bosco, antiga Fucmat, tendo colado grau no ano de 1981. É advogado desde 1982 atuando com ênfase nas áreas Cível, Administrativa e Trabalhista. Mestrando em Direito Civil e Processo Civil nos anos de 1982/83 pela PUC/SP.



A partir de 1985 iniciou sua carreira de assessor jurídico na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É professor titular da Universidade Católica Dom Bosco desde o ano de 1984 até a presente data, tendo ministrado as disciplinas de Processo Civil, Direito Civil, Direito Agrário, Filosofia do Direito e Ética.



Foi professor assistente da PUC/SP ministrando a disciplina de Direito Processual Civil no bacharelado e na especialização. Igualmente, foi professor titular da Escola Superior da Magistratura e da Escola Superior do Ministério Público em Mato Grosso do Sul. Foi eleito vice-presidente da OAB/MS, na gestão de 1995/1997, sendo fundador da Escola Superior da Advocacia de Mato Grosso do Sul.



Em dezembro de 2005 passou a integrar os quadros da Procuradoria Federal de Mato Grosso do Sul, atuando como Procurador Federal nas mais diversas áreas do direito, com grande destaque na área trabalhista. Em 13 de fevereiro de 2012 tomou posse como Desembargador Federal do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região.



Na mesma solenidade serão empossados os desembargadores Amaury Rodrigues Pinto Junior como Diretor da Escola Judicial e Ricardo Geraldo Monteiro Zandona como Ouvidor.


Jornal Midiamax