Geral

Santos recusa proposta e prepara dossiê contra o São Paulo por aliciamento a Ganso

O Santos se irritou com a postura do São Paulo no caso envolvendo a negociação pelo meia Paulo Henrique Ganso. O UOL Esporte apurou que, além de recusar a nova proposta feita pelo rival, de R$ 28 milhões, o time alvinegro vai enviar uma carta para o presidente do Tricolor, Juvenal Juvêncio, protestando contra a […]

Arquivo Publicado em 31/08/2012, às 00h02

None

O Santos se irritou com a postura do São Paulo no caso envolvendo a negociação pelo meia Paulo Henrique Ganso. O UOL Esporte apurou que, além de recusar a nova proposta feita pelo rival, de R$ 28 milhões, o time alvinegro vai enviar uma carta para o presidente do Tricolor, Juvenal Juvêncio, protestando contra a postura do seus dirigentes no caso. A irritação é tanta que está sendo montado um dossiê para ser enviado a Fifa reclamando de aliciamento do arquirrival ao jogador. O Peixe se manifestou até em nota oficial (veja na íntegra abaixo).


A irritação do Santos é pelo fato de que o diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista, teria conversando na quarta-feira com um dos integrantes do comitê gestor do Peixe, Pedro Nunes Conceição, e dito que o Tricolor havia desistido do negócio.


O São Paulo não só negou a informação como fez questão de enviar uma nova proposta ao Santos para comprar 100% dos direitos econômicos de Ganso por R$ 28 milhões, sendo que 45% desse valor ficaria com o time da Vila Belmiro.


“O São Paulo não desistiu do Ganso. Fizemos uma nova proposta ao Santos, até para desmentir essa história de que tínhamos desistido”, informou o vice-presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, no desembarque da delegação no Morumbi para a partida contra o Botafogo pelo Brasileirão.


Assim que recebeu a nova proposta, o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, se reuniu com a cúpula diretiva do clube e decidiu rejeitar a nova oferta. Além disso, foi acertado que seria enviada uma carta de protesto ao São Paulo.


Confira a nota oficial do Santos:


O Santos FC vem a público, mais uma vez, afirmar que a nota oficial publicada na última sexta-feira (reproduzida abaixo) sobre o atleta Paulo Henrique Ganso continua mais válida e atual do que nunca: seus direitos federativos não estão à venda. O meia está sob contrato até fevereiro de 2015 e o documento prevê multas tanto para o exterior quanto para o Brasil. Times interessados devem realizar o depósito relativo ao valor integral da multa na conta corrente do Santos e enviar o comprovante por fax à Presidência.


Lamentamos a insistência do São Paulo FC em enviar propostas com cifras muito abaixo do valor da multa, ignorando a nota oficial do Santos FC. Mais ainda: um dia depois do São Paulo ter desistido da negociação em conversa telefônica entre o seu diretor Adalberto Baptista e o membro do Comitê de Gestão do Santos FC, Pedro Luiz Nunes Conceição. Por conta disso, tal como da primeira investida, rejeitamos liminarmente a segunda proposta encaminhada.


O Clube aproveita a oportunidade para manifestar total apoio a Paulo Henrique Ganso por conta das manifestações ocorridas ao final da partida contra o Bahia, na noite de ontem.


Continuamos confiando no talento e na identificação do jogador com a camisa do Santos, que permanece sendo um ídolo do Clube.


Jornal Midiamax