Geral

Roger Federer fecha com a Moët & Chandon

Tenista fatura aproximadamente US$ 50 milhões por ano com patrocínios

Arquivo Publicado em 02/12/2012, às 16h47

None
1297965367.jpg

Tenista fatura aproximadamente US$ 50 milhões por ano com patrocínios

O suíço Roger Federer é o novo embaixador da Moët & Chandon. O anúncio oficial foi feito pela empresa nesta sexta-feira 30. A primeira campanha com o tenista número 2 do ranking mundial deve ser lançada em março de 2013. As imagens já foram feitas, em Paris, pelo fotógrafo Patrick Demarchelier.

“Moët & Chandon tem sido sempre o champanhe dos formadores de opinião internacionais e tenho orgulho de me unir a uma marca que é tão dedicada à busca da excelência como eu tenho sido ao longo da minha carreira”, afirmou Roger Federer, em comunicado. O tenista virá ao Brasil em dezembro para o torneio de exibição de seu patrocinador, Gillette Federer Tour, que, organizado pela Koch Tavares, acontecerá em São Paulo (SP).

A marca, por sua vez, ressaltou a postura de Federer dentro e fora das quadras. “Roger personifica o glamour da conquista, grande generosidade e enormes valores de estilo que têm sido fundamentais para a nossa Maison durante toda a sua longa história”, declarou Stéphane Baschiera, Presidente e CEO da Moët & Chandon.

Um dos maiores tenistas de todos os tempos, Federer é o jogador com maiores rendimentos em seu esporte. Seus ganhos anuais com patrocínio são de aproximadamente US$ 50 milhões – além da Möet Chandon e da Glilette, associam suas marcas ao esportista a Nike, a Credit Suisse, a Mercedes-Benz, a Wilson, a Lindt, Nationale Suisse, a Jura e a Rolex.

Jornal Midiamax