Geral

Reunião de transição resume-se a apresentação de trabalho e informações velhas

A primeira reunião de transição entre o governo de Nelsinho Trad (PMDB) e de Alcides Bernal (PP) demorou um pouco mais de três horas. Porém, foi pautada apenas pela apresentação do trabalho a ser desenvolvido, seguindo o cronograma já estabelecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), e por informações já disponíveis no portal da […]

Arquivo Publicado em 19/11/2012, às 16h01

None
1540858913.jpg

A primeira reunião de transição entre o governo de Nelsinho Trad (PMDB) e de Alcides Bernal (PP) demorou um pouco mais de três horas. Porém, foi pautada apenas pela apresentação do trabalho a ser desenvolvido, seguindo o cronograma já estabelecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), e por informações já disponíveis no portal da transparência da prefeitura.

O chefe da equipe de transição de Bernal, José Luciano de Mattos Dias, explica que a equipe de transição foi instituída no País em 2002 e serve para organizar o processo, com troca de informações públicas necessárias para a transferência de comando do atual para o próximo prefeito. Porém, ela está ligada apenas a questões estruturais. As informações pontuais, como licitações necessárias para compra de remédios ou questões mais urgentes, serão tratadas diretamente entre os prefeitos.

A próxima reunião será na sexta-feira (23), as 8h30, na Esplanada Ferroviária. Com os dados repassados nesta primeira reunião, o grupo de Bernal pretende examinar se as demandas necessárias já estão incluídas, trazendo solicitações necessárias. Já a equipe de Nelsinho vai buscar nas secretarias as informações necessárias para o grupo de trabalho. A equipe de transição deve trabalhar até o final de dezembro. Em janeiro Bernal montará a equipe de transferência para confirmar as informações repassadas durante a transição.

O diretor da Agência de Regulação da Prefeitura, Marcelo Amaral, analisa que a primeira reunião foi produtiva, já que todos tomaram conhecimento do cronograma a ser seguido, conforme instrução do TCE.

O vereador Paulo Pedra (PDT), que também integra a equipe de transição, também avalia a reunião como bastante produtiva. Segundo ele, no encontro foram solicitadas informações como o numero de funcionários da administração e apresentados dados das secretarias, incluindo questões orçamentárias.

A vereadora Thais Helena (PT) lembra que durante o encontro também solicitou informações sobre a situação da Câmara, que hoje não tem prédio próprio. Ela e o vereador Paulo Pedra defendem a construção de um prédio próprio para a Câmara, com espaço suficiente para a construção de uma biblioteca ou mesmo de uma praça disponível até para a realização de comícios.

A equipe de transição é composta por indicados de Bernal: cientista político José Luciano de Mattos Dias, engenheiro civil Fausto Matogrosso e contador e fiscal de renda, Wanderley Bem Hur; e indicados de Nelsinho: Marcelo Amaral, Aurenice Rodrigues Pinheiro Pilatti e Ivan Jorge. Também acompanharão a equipe os vereadores Thais Helena (PT), Paulo Pedra (PDT) e o vice-prefeito Edil Albuquerque (PMDB).

Jornal Midiamax