Geral

PTN e PHS não acompanham PSDB e anunciam apoio a Giroto

O PTN (Partido Trabalhista Nacional) e o PHS (Partido Humanista da Solidariedade) que no primeiro turno integraram a coligação do candidato do PSDB à Prefeitura de Campo Grande, decidiram apoiar no 2º turno o candidato Edson Giroto (PMDB).  Um ato público na próxima sexta-feira (19) vai marcar a entrada na campanha dos dois partidos que […]

Arquivo Publicado em 16/10/2012, às 20h54

None

O PTN (Partido Trabalhista Nacional) e o PHS (Partido Humanista da Solidariedade) que no primeiro turno integraram a coligação do candidato do PSDB à Prefeitura de Campo Grande, decidiram apoiar no 2º turno o candidato Edson Giroto (PMDB). 


Um ato público na próxima sexta-feira (19) vai marcar a entrada na campanha dos dois partidos que lançaram 66 candidatos a vereador e obtiveram mais de 16 mil votos.


“Foi uma decisão unânime que tomamos de forma conjunta, entre os integrantes do diretório e a militância do partido”, informou o empresário, Claudio Sertão, presidente regional do PTN.


Na manhã desta terça-feira (16) ele se reuniu, ao lado do presidente do PHS, Wanderley Macedo, com a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) e o deputado estadual licenciado Carlos Marun (PMDB) para fechar a aliança.

Jornal Midiamax