Geral

PSDB e PV anunciam hoje o apoio no segundo turno em Campo Grande

O PV, liderado pelo vereador Marcelo Bluma, e o PSDB, do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciam nesta segunda-feira (15) o candidato a ser apoiado no segundo turno das eleições para prefeito em Campo Grande. O anúncio do PV acontece às 10 horas, no diretório do partido. Na ocasião, Marcelo Bluma anunciará o apoio ao […]

Arquivo Publicado em 15/10/2012, às 11h15

None

O PV, liderado pelo vereador Marcelo Bluma, e o PSDB, do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciam nesta segunda-feira (15) o candidato a ser apoiado no segundo turno das eleições para prefeito em Campo Grande.

O anúncio do PV acontece às 10 horas, no diretório do partido. Na ocasião, Marcelo Bluma anunciará o apoio ao deputado estadual Alcides Bernal. Bluma explica que durante a campanha sempre falou da necessidade de mudança e renovação na política, o que não justificaria o apoio ao deputado federal Edson Giroto (PMDB).

“No segundo turno temos duas candidaturas. Uma delas é do PMDB que está há 20 anos. Quem defendeu a mudança e a renovação, a despeito de todos os argumentos, não tem como apoiar o grupo que está há 20 anos. É natural. A avaliação foi coletiva dentro do partido e a maioria entendeu que a candidatura de Bernal significa uma mudança”, justificou o vereador.

O PPS integra o grupo liderado pelo PSDB. Na quarta-feira (10), o candidato a vice de Reinaldo, Athayde Nery (PPS), já havia declarado ao MidiaMax que não apoiaria Edson Giroto. Já na quinta-feira (10), em entrevista à rádio Cultura AM, Athayde confirmou o apoio a Bernal, revelando que a opção pelo candidato do PP foi aprovada por unanimidade dentro do partido. Apesar disso, o anúncio oficial deve ser feito hoje em coletiva com o PSDB. Segundo a assessoria de Reinaldo, ainda não há horário definido para a coletiva.

O PT já declarou apoio a Alcides Bernal, cumprindo o chamado “pacto da oposição”, firmado no primeiro turno. Pelo acordo, o candidato que fosse para o segundo turno seria apoiado pelos demais opositores ao candidato governista. O PSTU e o PSOL já anunciaram que não apoiarão nenhum dos candidatos.

Jornal Midiamax