Geral

Projeto permitirá desenvolvimento tecnológico junto a grandes empresas no MS

O Prefeito Nelson Trad Filho, inaugurou na tarde desta quarta-feira, 1º, a Incubadora Tecnológica Estrela Dalva, de Campo Grande. O projeto visa dar suporte a concepções com base tecnológica e abrigará quinze empresas inicialmente. A proposta é permitir que empreendedores que tenham potencial criativo e ideias inovadoras na área da Tecnologia da Informação possam efetivamente […]

Arquivo Publicado em 01/08/2012, às 19h50

None

O Prefeito Nelson Trad Filho, inaugurou na tarde desta quarta-feira, 1º, a Incubadora Tecnológica Estrela Dalva, de Campo Grande. O projeto visa dar suporte a concepções com base tecnológica e abrigará quinze empresas inicialmente.

A proposta é permitir que empreendedores que tenham potencial criativo e ideias inovadoras na área da Tecnologia da Informação possam efetivamente levá-las ao mercado. Para isso, fornecerá infraestrutura compartilhada, além de apoios administrativos e gerenciais para que as empresas e empreendimentos incubados possam desenvolver seus negócios.

Para Guilherme Junqueira, gerente da Incubadora de Tecnologia, o projeto nasceu a partir de uma demanda do setor. “Empresas que tinham intenção de se instalar no município não encontravam mão de obra especializada”, explica. “Projetamos, com a assessoria das empresas que darão suporte aos projetos, a criação de softwares, hardwares e aplicativos para internet. A partir de agora MS entra na pauta da nacional da tecnologia”, comemora.

Para Edimilson Picler, diretor executivo da Uninter EAD, “a tecnologia precisa de investimentos”. A empresa desenvolve tablets e abrirá uma fábrica em Campo Grande dentro de 6 a 8 meses. “Nossa intenção é provocar o barateamento do tablet no mercado”, relata. Conforme Clóvis Valério, diretor industrial a fábrica irá empregar cerca de 300 funcionários, com mão de obra 100% local. “Traremos professores, inclusive do exterior para ministrar cursos de capacitação aqui em Campo Grande, para não precisarmos trazer mão de obra de fora.”

Nelsinho Trad destacou que o poder público tem que dar condições e oferecer mecanismos para o desenvolvimento. “Funciona como na acupuntura, o estímulo a um ponto irradia para os demais”, compara o prefeito ao relacionar a inauguração da Incubadora Tecnológica com a educação do município que, segundo ele, teve um aumento de 45% de alunos matriculados desde o início de sua administração e hoje conta com 105 mil estudantes.

A promoção de empresas inovadoras no uso intensivo de tecnologia é um dos pontos estratégicos para o crescimento de negócios e maior competitividade da economia sul mato grossense, nos setores da agricultura, pecuária, indústria, comércio e serviços.

Jornal Midiamax