Geral

Professor de Santa Catarina criticado por estudante no Facebook é afastado

Após a polêmica causada por uma aluna de 13 anos que criou um perfil no Facebook para mostrar os problemas em sua escola, o professor de matemática criticado pela estudante Isadora Faber em seu perfil Diário de Classe acabou afastado das funções pela secretaria municipal de Educação de Florianópolis. A decisão foi confirmada pelo próprio […]

Arquivo Publicado em 30/08/2012, às 20h21

None

Após a polêmica causada por uma aluna de 13 anos que criou um perfil no Facebook para mostrar os problemas em sua escola, o professor de matemática criticado pela estudante Isadora Faber em seu perfil Diário de Classe acabou afastado das funções pela secretaria municipal de Educação de Florianópolis.

A decisão foi confirmada pelo próprio órgão. Faber escreveu que o professor teria “dificuldades” em ensinar a matéria.

O caso ganhou repercussão depois que a jovem passou a postar uma série de problemas existentes na escola Maria Tomázia Coelho, localizada no bairro do Santinho. Nesta quinta-feira, mais de 180 mil internautas haviam curtido a página da garota.

A secretaria de Educação elogiou a “postura crítica” da menina e retomou as reformas na escola.

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrasem), divulgou uma nota criticando a repercussão do caso. Para os sindicalistas, as escolas públicas enfrentariam os “mesmos problemas” e que isso não prejudicaria o trabalho dos servidores.

A prefeitura retomou as reformas e deve concluir as obras até o próximo dia 14 de setembro. A cobertura da quadra, entretanto, só deve ser incluída no orçamento de 2013.

Jornal Midiamax