Geral

PRF apreende no interior do MS 2 mil faixas refletivas falsificadas

Policiais rodoviários federais apreenderam ontem (28), no Posto de Jaraguari, 2 mil faixas refletivas falsificadas, transportadas por dois homens, num veículo Astra de Minas Gerais. O uso do acessório é obrigatório nas carrocerias de caminhões desde 2002. Segundo informações da polícia, o acessório falso é vendido por golpistas e a compra dele pode custar prejuízos […]

Arquivo Publicado em 29/02/2012, às 15h32

None
1760459223.jpg

Policiais rodoviários federais apreenderam ontem (28), no Posto de Jaraguari, 2 mil faixas refletivas falsificadas, transportadas por dois homens, num veículo Astra de Minas Gerais. O uso do acessório é obrigatório nas carrocerias de caminhões desde 2002.

Segundo informações da polícia, o acessório falso é vendido por golpistas e a compra dele pode custar prejuízos aos motoristas. “Além de ter o veículo apreendido, ele é multado em R$ 191,44, mais cinco pontos na carteira de habilitação do proprietário do veículo”, alerta a superintendência da PRF.

Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia.

Orientação

Para o condutor não cair no golpe, é recomendada a exigência da nota fiscal no ato da compra. Ainda de acordo com informações da polícia, um simples teste de aplicabilidade com a faixa falsa e a verdadeira também ajuda na identificação. “A falsa brilha muito durante o dia, como um espelho, mas não apresenta o efeito à noite, justamente quando é mais necessária”, explica a superintendência.

O acessório é importante principalmente quando a iluminação do caminhão falha ou está apagada. As faixas originais refletem a luminosidade do farol podendo ser observadas a mais de 500 metros, o que diminui o risco de uma colisão traseira em veículos de carga no período noturno.

Jornal Midiamax