Geral

Prefeito eleito de Sidrolândia é cassado pelo TSE em Brasília

O prefeito eleito em Sidrolândia, Enelvo Felini (PSDB), foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, durante julgamento na tarde desta terça-feira (11) em Brasília (DF). Por seis votos a um, os ministros do TSE, impugnaram o registro de candidatura do político tucano. Enelvo Felini que já foi prefeito de Sidrolândia é um dos 158 gestores que […]

Arquivo Publicado em 12/12/2012, às 00h44

None
1093934087.jpg

O prefeito eleito em Sidrolândia, Enelvo Felini (PSDB), foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, durante julgamento na tarde desta terça-feira (11) em Brasília (DF). Por seis votos a um, os ministros do TSE, impugnaram o registro de candidatura do político tucano.

Enelvo Felini que já foi prefeito de Sidrolândia é um dos 158 gestores que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), entre julho de 2004 a julho de 2012.

Enelvo teria aplicado 58,47% dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF), onde o mínimo obrigatório é de 60%.

A candidatura de Enelvo chegou a ser impugnada pelo promotor eleitoral de Sidrolândia, Nicolau Bacarji Júnior com base na lei da ficha limpa, porém, o juiz Marcelo Ivo de Oliveira indeferiu o recurso.

Na época o TCE, revisou o caso e puniu Enelvo ao pagamento de 20 UFERMS.

Como Enelvo se elegeu com mais de 50% dos votos, ou seja, 50,25% num total de 11.870 votos, de acordo com a lei eleitoral, a cidade de Sidrolândia deverá ter novas eleições. Leia mais em notícias relacionadas.

Jornal Midiamax