Geral

Por vaga e primeiro lugar do grupo, Santos recebe The Strongest

O Santos volta a campo pela Copa Libertadores da América diante do Strongest (Bolívia), nesta quinta-feira, a partir das 19h45 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, para garantir matematicamente a sua classificação ao mata-mata do torneio. Líder do grupo 1, com 10 pontos ganhos, o Peixe só será eliminado caso seja derrotado pelos bolivianos por […]

Arquivo Publicado em 19/04/2012, às 15h38

None

O Santos volta a campo pela Copa Libertadores da América diante do Strongest (Bolívia), nesta quinta-feira, a partir das 19h45 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, para garantir matematicamente a sua classificação ao mata-mata do torneio.


Líder do grupo 1, com 10 pontos ganhos, o Peixe só será eliminado caso seja derrotado pelos bolivianos por uma diferença de cinco gols. Para que isso ocorra, o Internacional também precisa bater o Juan Aurich (Peru), em Chiclayo, para ultrapassar os santistas e eliminar a equipe brasileira da competição.


O atacante Borges destacou o fato de o Strongest não jogar tão bem como visitante, mas pediu respeito ao adversário e atenção total durante a partida. “Fora de casa eles sofrem mais. Por isso, temos que manter o foco, sem deixar de jogar o nosso futebol. Temos que ter atenção durante os 90 minutos, pois eles ainda têm chances de classificação. Não podemos ser surpreendidos”, afirmou.


Confiante não só na classificação, mas também na possibilidade de o time alvinegro garantir o primeiro lugar da chave, caso vença os bolivianos, o centroavante espera aproveitar o bom momento, após marcar dois gols contra o Catanduvense, pelo Campeonato Paulista, para balançar as redes novamente.


“Estou mais tranquilo (por causa dos gols). Eu vinha jogando bem, fazendo o possível dentro de campo, durante os jogos, mas os gols não vinham acontecendo. Me sinto feliz e espero dar sequência a essa fase”, comentou Borges.


Para esse confronto, o técnico Muricy Ramalho não deve contar com o lateral direito Fucile. O uruguaio está com uma entorse no pé esquerdo e, como não deve se recuperar a tempo, deverá ser vetado pelo departamento médico do clube. O volante Henrique deve ser improvisado na posição, com o também volante Adriano reforçando o meio-campo do Santos.


O meia Elano, titular na goleada sobre o Catanduvense, ganhou a confiança do treinador e deve ser mantido contra o Strongest. Com isso, o volante Ibson deve ficar como opção no banco de reservas do Peixe.


Já no Tigre, a preocupação é quebrar um tabu que perdura na Libertadores desde 1981, ano da última vitória dos bolivianos, fora de casa, na competição. O último triunfo foi sobre o Técnico Universitário, no Equador.


Porém, a tarefa não será nada simples, pois, além de enfrentar o atual campeão do maior torneio de clubes das Américas, o The Strongest passa por um momento de transição e adaptação ao novo comando técnico.


Com uma fraca campanha no campeonato local, Mauricio Soria foi demitido e deu lugar a Úber Acosta. A troca aconteceu em meio a fase de grupos da Libertadores – Soria dirigiu a equipe boliviana na vitória sobre os santistas, em La Paz, na primeira rodada –, só que o Tigre não conseguiu embalar na Copa Libertadores e foi ultrapassado tanto pelo Alvinegro Praiano quanto pelo Inter no Grupo 1.


FICHA TÉCNICA SANTOS X THE STRONGEST-BOL


Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)


Data: 19 de abril de 2012, quinta-feira


Horário: 19h45 (horário de Brasília)


Árbitro: Julio Quintana (Paraguai)


Assistentes: Rondey Aquino e Hugo Martinez (ambos do Paraguai)


SANTOS: Rafael; Henrique, Edu Dracena, Durval e Juan; Adriano, Arouca, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges


Técnico: Muricy Ramalho


THE STRONGEST-BOL: Vaca; Méndez, Solis, Torrico e Ojeda; Lima, Parada, Chumacero e Pablo Escobar; González e Wayar


Técnico: Úber Acosta

Jornal Midiamax