Geral

PMA recolhe onça-pintada morta atropelada na BR-262

Policiais Militares Ambientais de Miranda (MS) recolheram hoje pela manhã uma onça-pintada, que foi atropelada e morta na BR-262. O animal foi encontrado próximo à Fazenda Nove de Ouro, após a Fundação Bradesco, município de Miranda. Pelo estado da carcaça há indícios de que o atropelamento tenha ocorrido nessa madrugada. Um motorista que trafegava na […]

Arquivo Publicado em 21/12/2012, às 14h32

None
1237636163.jpg

Policiais Militares Ambientais de Miranda (MS) recolheram hoje pela manhã uma onça-pintada, que foi atropelada e morta na BR-262. O animal foi encontrado próximo à Fazenda Nove de Ouro, após a Fundação Bradesco, município de Miranda. Pelo estado da carcaça há indícios de que o atropelamento tenha ocorrido nessa madrugada.


Um motorista que trafegava na rodovia viu o animal morto e ligou para a Polícia Militar Ambiental que o orientou a retirá-lo da pista para evitar possíveis acidentes, por se tratar de um animal muito grande, um macho adulto, com aproximadamente 1,90 m de comprimento, pesando cerca de 90 kg.


Um exemplar adulto pode alcançar em média até 2,60 metros de comprimento, chegando a pesar em torno de 115 quilogramas. Geralmente os machos pesam noventa quilogramas e as fêmeas, 75 quilogramas. A onça pintada é considerada o maior felino das Américas, e atualmente encontra-se na lista CITIES de animais ameaçados de extinção.


Em toda a extensão da BR 262 há problemas de atropelamento de animais silvestres, porém, o trecho entre Corumbá e Miranda ainda é o mais problemático do Estado. A PMA alerta para o excesso de velocidade nas rodovias, o que ocasiona lamentáveis acidentes envolvendo animais.


Para aproveitar a carcaça do exemplar, a PMA fará a taxidermia da onça que posteriormente será utilizada em trabalhos de Educação Ambiental. Em oficinas com vários animais empalhados os policiais discutem com alunos das escolas públicas e privadas, sobre os problemas relativos à fauna, entre eles, o atropelamento, que ocorre principalmente pela alta velocidade dos motoristas e de rodovias que não foram pensadas de forma a favorecer a travessia de animais silvestres. O pensamento na execução dos projetos de rodovias normalmente é somente no econômico, esquecendo-se o ecológico.


Com esta são 4 onças-pintadas mortas na BR 262, recolhidas e empalhadas pela PMA nos últimos 5 anos, as quais estão sendo utilizadas em trabalhos de Educação Ambiental.

Jornal Midiamax