Geral

PMA aplica multa de R$ 34 mil em 2ª maior apreensão de aroeira

Policiais Militares Ambientais de Miranda fizeram ontem (1º) a apreensão da segunda maior quantidade de aroeira – madeira protegida por lei – dos últimos quatro anos. Foram encontrados numa propriedade rural, no município de Anastácio, 57 m³ da madeira . A aroeira estava preparada para construção de cercas, e não tinha a documentação ambiental necessária – […]

Arquivo Publicado em 02/03/2012, às 14h45

None
454864007.jpg

Policiais Militares Ambientais de Miranda fizeram ontem (1º) a apreensão da segunda maior quantidade de aroeira – madeira protegida por lei – dos últimos quatro anos.

Foram encontrados numa propriedade rural, no município de Anastácio, 57 m³ da madeira . A aroeira estava preparada para construção de cercas, e não tinha a documentação ambiental necessária – DOF (Documento de Origem Florestal).

Segundo a Polícia Militar Ambiental, eram 2.902 lascas e 196 firmes e postes. Além disso, ainda foram apreendidos 15 m³ de madeira das espécies “angico” e ipê, também prontos para a confecção de cerca. Eram 957 lascas e 39 firmes.

A madeira foi apreendida e proprietário da fazenda, morador em Presidente Prudente (SP), foi multado em R$ 34,185 mil. Ele responderá por crime ambiental e poderá pegar de um a dois anos de reclusão, se condenado.

Outro caso

No mês passado, a PMA apreendeu 67 m³ de aroeira, em Bela Vista (MS).

Proibição

A portaria 83 N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da aroeira e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Jornal Midiamax