Geral

Operações de crédito chegam a R$2,2 trilhões

O saldo das operações de crédito do sistema financeiro chegou a R$ 2,237 trilhões, em setembro, com alta de 1,1% no mês e 15,8%, em 12 meses. Em relação a tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB), o saldo ficou em 51,5%, ante 51,2% em agosto deste ano e 47,4% de […]

Arquivo Publicado em 26/10/2012, às 15h39

None

O saldo das operações de crédito do sistema financeiro chegou a R$ 2,237 trilhões, em setembro, com alta de 1,1% no mês e 15,8%, em 12 meses. Em relação a tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB), o saldo ficou em 51,5%, ante 51,2% em agosto deste ano e 47,4% de setembro de 2011.


“A greve dos bancários e o menor número de dias úteis, quatro a menos que em agosto, contribuíram para a redução das concessões de crédito em setembro, afetando, em particular, as contratações do segmento livre a pessoas físicas”, diz relatório do Banco Central (BC).


De acordo com os dados do BC, com o menor número de dias úteis e a greve, as concessões acumuladas no mês caíram 8,3% para as empresas e 14,1% para pessoas físicas, na comparação de setembro com agosto.


Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, a liquidação do Banco Cruzeiro do Sul também contribuiu para que o crescimento do volume do crédito não fosse maior em setembro. Com a liquidação do banco, o BC retirou cerca de R$ 2 bilhões do cálculo do estoque de crédito do sistema financeiro.


Os empréstimos com recursos direcionados informa o BC, “seguiram apresentando crescimento mais expressivo, mantendo-se os ritmos de expansão do financiamento habitacional e do crédito rural”.

Jornal Midiamax