Geral

Novas reduções da taxa de juros devem ser feitas “com parcimônia”, diz ata do Copom

Novas reduções da taxa básicas de juros, a Selic, devem ser conduzidas com parcimônia, segundo a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), divulgada nesta quinta-feira (26). O documento destaca que “mesmo considerando que a recuperação da atividade vem ocorrendo mais lentamente do que se antecipava, o Copom […]

Arquivo Publicado em 26/04/2012, às 11h21

None

Novas reduções da taxa básicas de juros, a Selic, devem ser conduzidas com parcimônia, segundo a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), divulgada nesta quinta-feira (26).


O documento destaca que “mesmo considerando que a recuperação da atividade vem ocorrendo mais lentamente do que se antecipava, o Copom entende que, dados os efeitos cumulativos e defasados das ações de política [reduções da taxa Selic] implementadas até o momento, qualquer movimento de flexibilização monetária adicional deve ser conduzido com parcimônia”.


Na ata de março, o Copom informou que a Selic estava se deslocando para patamares “ligeiramente acima dos mínimos históricos, e nesses patamares se estabilizando”. A menor taxa já registrada foi 8,75% ao ano, de julho de 2009 até o final de abril de 2010, quando subiu para 9,5% ao ano.


Em março deste ano, o BC reduziu a taxa Selic de 10,5% para 9,75% ao ano. Na reunião deste mês, houve nova redução de 0,75 ponto percentual para 9% ao ano.

Jornal Midiamax