Geral

Nova PGA facilitará acesso às informações sobre os produtos importados pela China

A nova Plataforma de Gestão Agropecuária (PGA) facilitará o acesso às informações sobre os produtos brasileiros importados pela China, afirmou nesta terça-feira (24/04), em Pequim, na China, a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, em reunião com o vice-ministro da Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e […]

Arquivo Publicado em 24/04/2012, às 19h13

None

A nova Plataforma de Gestão Agropecuária (PGA) facilitará o acesso às informações sobre os produtos brasileiros importados pela China, afirmou nesta terça-feira (24/04), em Pequim, na China, a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, em reunião com o vice-ministro da Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena (AQSIQ), Wei Chuanzhong. A AQSIQ é responsável pela fiscalização dos produtos agrícolas consumidos no país, sejam eles importados ou produzidos internamente.


Com a PGA, o Brasil terá a maior plataforma do mundo voltada para a gestão de dados da pecuária de corte, com informações centralizadas pelo Governo federal. O vice-ministro avaliou como positivo o novo modelo desenvolvimento pela CNA a pedido do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Ao reiterar as palavras da senadora Kátia Abreu, Wei Chuanzhong afirmou que a Plataforma contribuirá para que haja mais segurança na emissão dos documentos necessários para garantir a qualidade dos produtos brasileiros. A PGA é uma base de dados única, que servirá de suporte não apenas para o protocolo de certificação sanitária e de qualidade para o comércio de carne bovina entre o Brasil e a União Européia, como também para futuros protocolos com os demais países, a exemplo da China e do Chile.


A China é o principal parceiro comercial do Brasil na área agrícola. Na reunião, o vice-ministro afirmou que foram fechados nos últimos anos vários acordos de cooperação entre Brasil e China visando o desenvolvimento do setor agropecuário dos dois países e que há interesse na negociação de outros protocolos.

Jornal Midiamax